Estados Unidos admitem desvantagem militar em relação à Rússia

0
621

Os militares norte-americanos estão planejando empreender medidas para aumentar o alcance de seus sistemas de mísseis e de artilharia, pois nas primeiras semanas de um hipotético conflito militar com a Rússia eles ficariam sem apoio aéreo.

Deste modo, nos primeiros 7-10 dias de uma potencial guerra, as tropas russas “teriam uma vantagem séria em número e nas ações militares no terreno”, escreve o portal Military.com, citando uma pesquisa do centro analítico Rand Corporation.

“Pela potência e alcance dos sistemas russos de defesa antiaérea, todos os nossos meios de apoio aéreo ficariam seriamente comprometidos, e as tropas no terreno sentiriam as consequências disso”, explicou um colaborador do Rand Corporation, John Gordon.

Além disso, o especialista frisou que a Rússia dispõe de uma vantagem em número e alcance dos sistemas de artilharia.

“Os russos têm uma abordagem muito séria em relação a isso: a artilharia sempre foi um ponto forte do exército russo ainda na época dos czares”, sublinhou.

Por causa disso, o comando das Forças Armadas dos EUA está empreendendo medidas para aperfeiçoar os sistemas de mísseis e artilharia, por exemplo, o obuseiro autopropulsado M-109 Paladin.

“Devemos aumentar o alcance de todos os sistemas que estamos desenvolvendo […] e alcançar a supremacia sobre o nosso inimigo neste sentido”, enfatizou, por sua vez, o comandante das tropas estadunidenses no Pacífico, Robert Brown.

(Agência Sputnik)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação