Fator emocional prejudica desempenho do Sampaio na Série B, avalia treinador

0
346

O técnico Paulo Roberto Santos está convencido de que o fator emocional seja um dos principais fatores que atrapalham o desempenho do Sampaio na Série B, e ressalta que irá trabalhar para bastante esse aspecto daqui pra frente. Nesta segunda-feira (06), ele iniciou os preparativos com vistas ao jogo de sexta-feira (10) contra o Coritiba, em Curitiba (PR).

“Na nossa atual situação, o fator emocional tem sido um motivo de desequilíbrio contra a nossa equipe. Tomamos um gol e o time, de certa forma, ficou abalado e a situação começou a se desorganizar. Precisamos trabalhar a cabeça do grupo e fazer com que acreditem que é possível sair dessa situação”, afirmou o treinador.

Para enfrentar o time paranaense, a equipe Roberto Santos terá à sua disposição o zagueiro Rogério, o volante Adilson Goiano e o meia Jocinei, que foram preservados para adquirir o condicionamento físico ideal, além do lateral Julinho, livre de suspensão.

Para esse jogo, o time não terá o lateral Marcelo e o volante Diego Silva, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O treinador aguarda a recuperação de Bruno Moura, que realizou um novo exame de imagem esta manhã e foi liberado para transição. Sua participação na partida será avaliada ao longo dos próximos treinamentos pela comissão técnica.

Penúltimo colocado na tabela de classificação, o Sampaio encara a partir de abertura de sua trajetória no segundo turno como fator decisivo para uma reação que possa lhe tirar da Zona de Rebaixamento e almejar uma posição mais tranquila na competição.

(Com dados do Sampaio e foto de Elias Auê)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação