Federação das Indústrias implementa seu Programa de Integridade e Compliance

0
133
Edilson Baldez diz que programa vai dar mais transparência às ações do Sistema Federação das Indústrias

Fiema assume compromisso de combater irregularidades

O Sistema Federação das Indústrias (Fiema) está implementando o Programa de Integridade e Compliance, que corresponde a um conjunto de práticas e comportamentos objetivando manter a organização aderente às leis, normas e procedimentos, por meio de uma conduta ética em todas as nossas esferas de atuação.

O Programa vai contribuir para o fortalecimento da identidade corporativa, bem como para a disseminação dos Valores, das Crenças de Gestão e do Código de Ética e Conduta; identificar os riscos, cumprir as leis e os regulamentos, incluindo legislação e políticas anticorrupção vigentes e atuar preventivamente para evitar perdas e fraudes.

“É esperado que as nossas lideranças incentivem suas equipes a estarem sempre em conformidade e agir segundo os padrões éticos de conduta da nossa organização e demais institutos legais. Neste processo, apoiaremos os colaboradores na gestão da conformidade, reforçando processos e políticas, desenvolvendo treinamentos, fortalecendo os canais de comunicação, com o objetivo de dar visibilidade à situação da conformidade da organização”, ressalta o presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves.

O Programa tem como principal finalidade consolidar, proporcionar e incentivar o compartilhamento de valores que conduzem às condutas éticas, íntegras e transparentes em todas as ações e relações institucionais.

A partir da adoção de uma série de iniciativas, a Fiema assume o compromisso de combater possíveis ocorrências de corrupção e violações aos padrões éticos corporativos, além de impedir ou reduzir casos de desvios e fraudes. Para isso, o Programa estimula a participação ativa de colaboradores, estudantes, clientes, fornecedores e parceiros.

Procedimentos – Na prática, todos os envolvidos contam com mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria e incentivo à comunicação de irregularidades. Com a aplicação efetiva de códigos de ética e de conduta, políticas e diretrizes, torna-se possível detectar e sanar desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos.

O Sistema Fiema já adota, pratica e está inserido na Governança Corporativa, que tem como principal alicerce a Conformidade ou “Compliance”, além de justiça, equidade, transparência e prestação de contas. A fim de consolidar ainda mais, aprimorar e formalizar todas as suas práticas e vivências de Conformidade, foi criado esse Programa de Integridade.

“Esse instrumento visa garantir uma atuação ética, justa, transparente e íntegra: é nosso compromisso no combate à corrupção. Adotar um Programa de Integridade fortalece e agrega valor à empresa; possibilita um maior conhecimento do negócio e do mercado; possibilita uma tomada de decisões com maior segurança por parte da Alta Administração; previne e mitiga riscos e danos; configura um diferencial competitivo no mercado empresarial; imprime segurança e credibilidade às negociações; constitui atrativo para investimentos e parcerias; gera ganho de imagem e evita perda de reputação; contribui para a retenção e atração de talentos; e atenua a aplicação de penalidades em caso de violação à legislação vigente, incluindo a Lei Anticorrupção”, finaliza o presidente da Federação das Indústrias, Edilson Baldez.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação