Famem recebe 75 toneladas de alimentos doadas pelo Sesi para famílias vítimas das enchentes

1
336

A Federação dos Municípios do Maranhão (Faema) recebeu do Sistema Federação das Indústrias (Fiema) 75 toneladas de alimentos (cestas básicas) doadas pelo Serviço Social da Indústria (Sesi) para serem distribuídas entre as famílias afetadas pelas enchentes em  20 municípios maranhenses em que foram decretada situação de emergência. A entrega foi feita pelo diretor da Fiema e conselheiro do Sesi Celso Gonçalo, que representou o presidente Edilson Baldez e pelo superintendente da Fiema, Cesar Miranda; e o superintendente do Sesi-MA, Diogo Lima.

As cestas serão distribuídas em Açailândia, Aldeias Altas, Alto Alegre do Pindaré, Arame, Bacabal, Boa Vista do Gurupi, Carutapera, Caxias, Codó, Conceição do Lago-Açu, Davinópolis, Grajaú, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itapecuru-Mirim, Nina Rodrigues, Pedreiras, São Luiz Gonzaga, Trizidela do Vale e Vitória do Mearim e possíveis outros municípios.

“Agradecemos a todos da direção da Fiema em nome de Celso Gonçalo por essa iniciativa que vai ajudar as prefeituras das cidades atingidas pelas enchentes e que ainda sofrem com a covid-19. Só tem a agradecer essa parceria com a Fiema/Sesi pelo segundo ano consecutivo que se coloca à disposição para ajudar essas cidades”.

Em nome da Fiema, Celso Gonçalo parabenizou a equipe que está coordenando o trabalho de distribuição dos alimentos em todos os municípios beneficiados. “Nossos parabéns a todos os envolvidos para que conseguimos realizar essa grande ação social para esses 20 municípios que foram realmente atingidos pelas grandes enchentes”, destacou.

Celso Gonçalo (CE) fez a entrega das cestas ao presidente da Famem

Sesi – Desde o início da pandemia, o Sesi tem sido um dos principais parceiros no combate ao coronavírus. “O Sesi está orientando as indústrias maranhenses e seus trabalhadores de como passar por este momento de pandemia. Mais recentemente iniciamos um projeto que abrange a distribuição de máscaras e kits de higiene para as indústrias da capital, e a divulgação do Guia SESI de Prevenção da Covid-19”, destacou Diogo Lima.

O projeto, que visa levar informação para as empresas de diversos segmentos, começou no setor da construção civil. A ação foi realizada em parceria com o Sinduscon (Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão) no canteiro de obras do Hospital da Ilha, e será estendida a outros canteiros em São Luís.

Além da área de Saúde e Segurança, o Sesi também realiza em maio ações nas áreas de Alimentação e Nutrição e Cultural. O projeto do Sesi Alimentação e Nutrição consiste na distribuição de kits alimentação contendo refeição do cardápio próprio do programa baseado no equilíbrio, variedade e sustentabilidade. O objetivo é atender e apoiar industriários e dependentes no enfrentamento a Covid-19 com impactos ocasionados no campo da alimentação e segurança alimentar.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

Comments are closed.