Feirinha de São Luís passa a contar a partir de agora com quatro portas para acesso a ela

0
162

Objetivo é facilitar acesso ao evento de todos os domingos

A Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sempa) adotou novas medidas para facilitar a participação popular na Feirinha de São Luís, realizada todos os domingos nno Centro Histórico de São Luís. Uma das mudanças feitas foi a ampliação do número de acessos à Feirinha. Agora são quatro entradas: pela Avenida Dom Pedro II, ao lado da Praça Benedito Leite; pela Rua do Egito, que pode ser subindo a ladeira ou pela Praça João Lisboa; e tem também a entrada pela esquina (a que tem o semáforo vertical) da Avenida Dom Pedro II com a Rua do Egito, liberada às 11h30min, após o término da missa na Igreja da Sé.

Para isso, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) está desenvolvendo ações de disciplinamento, interdição e desvio em alguns pontos do entorno do Centro Histórico, com atenção para os acessos à Feirinha.

“A Feirinha foi ampliada para melhor atender a todos. Por conta das mudanças, montamos uma operação para garantir que quem vem prestigiar a programação tenha tranquilidade em estacionar e também para quem chega em outros meios de transporte. Nossos agentes de trânsito estão dispostos em locais estratégicos em toda a região que compreende o evento, orientando as pessoas e para que o trânsito possa fluir normalmente durante o período em que acontecem as atividades da Feirinha São Luís”, informou o titular da SMTT, Cláudio Ribeiro. 

Também foi feita a ampliação do espaço gastronômico, que concentra grande público por causa da venda, principalmente de comida típica, ocupando, agora, a área maior na Praça João Lisboa. Além disso, no início da Rua do Egito os frequentadores encontram food trucks.

Mudanças aprovadas – As mudanças agradaram os frequentadores. “Eu vim no domingo passado muito rapidamente e hoje está ainda mais confortável para circular pelos estandes, observar os produtos e fazer as compras”, disse a professora Cristina Pereira.

Os comerciantes também aprovaram a ampliação do espaço. “As barracas agora ficam um pouco mais distanciadas. Com isso, a gente pode atender melhor os clientes. Ficou muito bom assim”, comentou Nádia Chaves, que vende comida típica na Feirinha.

Nesse novo formato adotado para a retomada da Feirinha São Luís, além da Praça Benedito Leite, as ruas de Nazaré e do Egito, Praça João Lisboa e outros espaços no mesmo perímetro estão sendo utilizados para distribuir os espaços de gastronomia, brechó, agroecológico, artesanato e PET.

Prefeito Eduardo Braide fazendo compra junto a vendedor ambulante

Também foram reservadas áreas para que a população possa fazer piqueniques e para uso institucional pelos diversos órgãos da administração municipal. Neste domingo (1º), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) estava com dicas de alimentação saudável e fazendo um alerta para o combate às hepatites virais (B e C), além de uma ambulância com equipe de atendimento no local. Tem ainda o Centro de Atendimento ao Turista (CAT), espaço da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) com informações sobre a cidade.

Oportunidade de negócios – A Feirinha São Luís é um importante espaço de fortalecimento da economia e uma oportunidade para os pequenos empreendedores e os produtores rurais, sobretudo neste momento de retomada da economia, com a crise causada pela pandemia da Covid-19. Somente no primeiro domingo de volta do evento, mais de R$ 57 mil em serviços e negócios foram movimentados, segundo a Semapa.

A Feirinha São Luís também está garantindo que artistas locais possam retomar suas apresentações, paralisadas há mais de um ano por causa da pandemia. Os cantores João e Fabrício Henrique e o Duo Instrumental fizeram a animação do público neste domingo em palco montado na Praça João Lisboa.

Também estiveram presentes na Feirinha São Luís este domingo, os secretários municipais de Cultura, Marco Duailibe; da Pessoa com Deficiência, Carlivan Braga; o secretário adjunto de Fiscalização e diretor da Blitz Urbana, Ashbel Muniz e o adjunto da Semapa, Dilmar Araújo.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação