Festa argentina em Porto Alegre: de virada River Plate elimina o Grêmio da Copa Libertadores

2
946

Após conquistar uma importante vantagem, terça-feira (23) da semana passada, ao derrotar o River Plate por 1 a 0 no Monumental de Nuñes, em Buenos Aires (Argentina), o Grêmio foi surpreendido nesta terça-feira em sua Arena, em Porto Alegre (RS), e está eliminado da Copa Libertadores, ao ser derrotado, de virada, por por 2 a 1 no jogo da volta.

O árbitro de vídeo foi determinante para a marcação de um pênalti aos 42 do segundo tempo, convertido por Gonzalo Martínez, decretando a vitória da equipe argentina, que vai decidir o título com o vencedor de Palmeiras e Boca Junior, que se enfrentam nesta quarta.

Em desvantagem no placar agregado, o River adiantou a sua marcação, mas mesmo assim, o Grêmio se aproveitou das chances de contra-ataque e também ameaçou, com duas boas finalizações de Alisson. O primeiro gol saiu aos 34 minutos, em um lance de escanteio. Alisson cruzou, a zaga afastou para a entrada da área e Leonardo Gomes arrematou de primeira e mandou a bola para o fundo das redes.

No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada, e a os 36′, veio o empate. Martínez colocou na área, Borré desviou de cabeça e mandou para o gol, empatando o placar.

Aos 42′, após chamar o VAR, o árbitro uruguaio Andrés Cunha percebeu um toque de mão de Bressan após o chute de Scocco. Ele ainda chegou a marcar escanteio, mas chamado a verificar o lance no vídeo, decretou a penalidade. Além do pênalti, expulsou o zagueiro gremista pelo segundo amarelo.

Martínez cobrou sem chances para o goleiro Marcelo Grohe. Com o resultado do placar agregado, o River Plate se classificou para as finais e o Grêmio deu adeus à conquista de mais um título sul-americano.

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.