Final da Copa Libertadores será dia 09 de dezembro no estádio do Real Madrid

0
993

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) informou nesta quinta-feira (29) que, após analisar várias alternativas para sediar a partida de volta da final da Copa Libertadores 2018, ficou definido que a partida de volta entre River Plate e Boca Juniors será realizado dia 09 de dezembro no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha), às 20h30 (hora local / CET / GMT +1), com acesso ao público de ambos os clubes em igualdade de condições.

“O futebol deve ser uma festa esportiva, onde todos os aficionados possam participar. Queremos lembrar à América do Sul e ao mundo que o futebol pode e deve ser vivido em paz, e que a paixão esportiva e o respeito pelo rival são valores complementares que podem coexistir”, observou Alejandro Domínguez, presidente da Conmbol.

Madri foi escolhida como sede da final de competição pelos seguintes critérios:

  • Natureza excepcional da situação;
  • Garantias de segurança oferecidas pela cidade e pelo Estado espanhol;
  • Neutralidade do campo de jogo;
  • Capacidade e qualidade da infraestrutura esportiva e do campo;
  • Existência de amplos serviços logísticos, de acomodação e de transporte público;
  • Existência de uma rica tradição futebolística, enquadrada em uma cultura de fair play e antecedentes de comportamentos relacionados aos valores esportivos e aos princípios da não-violência;
  • Radicação na Espanha de uma comunidade argentina de mais de 250.000 pessoas, a maior no exterior.

Resultado de imagem para bernabeu

“Madri é uma cidade que nos dá todas as garantias para a pronta e correta organização deste evento em um contexto de circunstâncias excepcionais. Não somente está entre as cidades mais seguras do mundo, mas o Santiago Bernabéu é um estádio de elite que oferece os mais altos padrões de segurança e conforto para disputar um jogo dessa magnitude. Além disso, o aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas possui o maior número de conexões com a América Latina. Tudo isso garante as condições para que a Conmebol 2018 Libertadores seja definida em campo e que ganhe o clube que faça mais gols na final”, concluiu o presidente Domínguez.

 

A aprovação de uma sede fora da América do Sul corresponde à excepcionalidade da situação. A partir da Edição 2019, a final, cuja edição inaugural será realizada em Santiago (Chile), promoverá a justiça e a competitividade esportiva e permitirá a instalação de padrões mais elevados de qualidade e parâmetros uniformes para planejamento, organização, logística, experiência nos estádios, comercialização do evento, ordem pública e controles de segurança.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação