Flamengo e Atlético de Goiás ficam no empate pela Copa do Brasil

0
543

Flamengo e Atlético de Goiás não balançaram as redes do Maracanã nesta quarta-feira (10), no Rio de Janeiro (RJ). Pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Rubro-negro carioca estreou na competição empatando sem gols com o Dragão. Com o resultado, a decisão da vaga ficou para o confronto em Goiânia, no dia 24 de maio. O duelo está marcado para o estádio Serra Dourada.

Flamengo e Atlético foram a campo com equipes alternativas. Se faltava entrosamento, sobrou disposição no primeiro tempo. Apesar das chances de gols criadas e maior posse de bola, o Rubro-negro carioca pecou nas finalizações e o placar se manteve zerado. Na melhor oportunidade, Leandro Damião se antecipou ao goleiro Klever, mas o cabeceio tirou tinta da trave.

No segundo tempo, o ímpeto ofensivo dos dois ataques diminuiu. Enquanto o Dragão apostava nos contra-ataques, os donos da casa encontravam dificuldades para furar o bloqueio defensivo do adversário. Na chegada de maior perigo, aos oito minutos, o Flamengo parou na trave. Rodinei completou cruzamento de Matheus Sávio, mas a bola não entrou. Diante de sua torcida,  o Rubro-negro tentou o aplicar uma pressão nos minutos finais, mas a igualdade persistiu.

Santos – O Santos foi o primeiro clube a garantir vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (10), voltou a vencer o Paysandu e se classificou. Após vencer por 2 a 0 em casa, o time santista bateu o Papão por 3 a 1 em Belém (PA) e avançou na competição. Em Recife (PE), pelo jogo de ida, Santa Cruz e Atlético-PR ficaram no 0 a 0 e a decisão da vaga ficou para Curitiba (PR).

No Mangueirão, o Paysandu tentou pressionar o Santos desde o início da partida, mas esbarrou nas grandes defesas de Vanderlei. Aos 26 minutos, a resposta santista veio nos pés de Bruno Henrique, que abriu o placar e ampliou a vantagem conquistada no jogo de ida. Na volta do intervalo, logo aos quatro minutos, Diogo Oliveira empatou a partida para o Paysandu, mas o Peixe esfriou a reação com mais um gol de Bruno Henrique aos 15 minutos e fechou a vitória por 3 a 1 com Kayke aos 33.

Santa Cruz e Atlético-PR não balançaram as redes do Arruda. No primeiro confronto das equipes nas oitavas de final, as duas equipes passaram em branco. No segundo tempo, o Furacão ficou perto de marcar, aos 20 minutos, em cobrança de pênalti, mas Matheus Rossetto parou nas mãos de Julio Cesar e o duelo terminou empatado em 0 a 0.

(CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação