Governo adota rodízio de veículos em São Luís: placa ímpar, segunda e quarta; par, terça e quinta

15440

AQUILES EMIR

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou nesta sexta-feira (08) a adoção, na próxima semana, em São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, de um rodízio de veículos particulares, como complemento das normas de lockdown. Segunda (11) e quarta-feira (13) circularão apenas os de placa com terminação ímpar, enquanto na terça (12) e quinta-feira (14), par.

Na sexta-feira (15) será comemorado antecipadamente o feriado de Adesão do Maranhão à Independência (28 de julho), todos carros poderão circular, bem como no sabado (16) e domingo (18).

O governador anunciou também que pretende, a partir do dia 20, autorizar a abertura gradual do comércio, tema que está sendo debatido com a classe empresarial pelos secretários Simplício Araújo (Indústria, Comércio e Energia) e Francisco Gonçalves (Direitos Humanos), que deverão anunciar algumas regras para funcionamento de lojas, devendo ser obrigatório o uso de máscaras tanto por funcionários quanto por clientes.

Flávio Dino anunciou ainda que vai restringir o transporte intermunicipal novamente neste fim de semana como medida complementar do lockdown. Já se trata de uma fim de semana prolongado, com a antecipação do feriado de julho, serão aplicadas as mesmas medidas da Semana Santa.

O governador enfatizou ainda que o lockdown, apesar das críticas de alguns, é um sucesso, pois diminuiu de forma acentuada o número de veículos e pessoas nas ruas das quatro cidades da Ilha, e que sua prorrogação será uma decisão do Poder Judiciário, que determinou o decreto atual.

Apesar de a Justiça Federal ter dado um prazo de três dias para o Governo do Estado apresentar um plano para organização de filas e garantias de segurança das pessoas que se acumulam em frente às agências bancárias para recebimento de benefícios, o governador anunciou que aumentar as multas aos bancos que continuam descumprindo o seu decreto de organizar essas filas.

“Como há resistência por parte dos bancos de cumprirem as normas sanitárias, haverá multa de mais de R$ 500 mil por agência que não cumprir as normas. A medida será publicada ainda nesta sexta (8) com aplicação a partir da segunda-feira (11) e fiscalização do Procon e Vigilância  Epidemiológica”, disse o governador.

5 COMENTÁRIOS

  1. O corona afeta qualquer pessoa ou negócio, não importa o quão preparado você esteja, seja empresário ou repartição pública. Temo por aqueles que possuem pouco dinheiro para superar essa fase trágica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui