Flávio Dino começa 2021 como terminou 2020: falando mal de Bolsonaro

0
218

No primeiro dia do ano, o governador entregou mais 12 leitos de UTI do Hospital Regional de Barreirinhas, mas, para não fugir à regra, foi para as redes sociais fazer o que mais gosta: provocar Jair Bolsonaro

O governador Flávio Dino (PCdoB) começou 2021 do jeito que terminou 2020: falando mal do presidente Jair Bolsonaro. Na noite deste sábado (02), ele postou uma provocação ainda por conta do mergulho de sexta-feira 1°), no litoral paulista, onde o presidente foi saudado como “mito” pelos banhistas. Nas suas contas nas redes sociais, Flávio Dino publicou: “O que alguém, acostumado a nada fazer, faz no 1º dia do ano? Nada”, numa referência indireta ao ato do presidente.

Na noite do dia 30, ele havia postado: “Desastres bolsonaristas: acabou o auxílio emergencial e não começou a vacinação. Rara combinação de insensibilidade com incompetência”.

Ao que tudo indica, é apenas o começo de um ano que deverá ser decisivo para alguns projetos políticos de Sua Excelência, que só tem uma certeza: será candidato em 2022, mas ainda não sabe se a deputado, senador, vice-presidente ou presidente da República.

Pé direito – O prefeito de Barreirinhas, Amílcar Gonçalves, começou seu governo com o pé direito. No primeiro dia à frente do Município, participou, neste sábado (02), com o governador Flávio Dino, da entrega de mais 12 leitos de UTI no Hospital Regional do município. Ao falar desta e das futuras parcerias que espera firmar com o Governo do Estado, disse que “o crescimento do município não pode ser isolado, devemos trabalhar em conjunto, prefeituras e Governo, em prol do desenvolvimento da região, para que todos possamos progredir, avançar e trazer novas conquistas para a população”.

Destino tricolor – Muitos torcedores do Sampaio e de times do Sul e Sudeste já estavam estimando grande despesa com ingressos (se os estádios forem liberados ao público) em jogos do Sampaio na Série A, pois todas as semanas um grande do futebol brasileiro – Flamengo, Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Grêmio, Internacional – estaria por aqui, mas, ao que indica a Bolívia continuará sendo time de segunda divisão. Na sorte, irão assistir Cruzeiro, que também vai continuar na Série B, Botafogo e Vasco, que estão fazendo um esforço danado para cair.

Agricultura de qualidade – O governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), fazem apostas semelhantes para fortalecer o setor primário. O primeiro, chamou para a pasta de Agricultura Familiar, uma pessoa, aparentemente fora do meio, o advogado Rodrigo Lago, que já foi secretário de Transparência e de Comunicação e Articulação Política. Já o prefeito, que promete uma atenção especial à zona rural, entregou a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento ao ex-secretário de Turismo, Liviomar Macatrão.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação