Flávio Dino diz que torce para Jair Bolsonaro se recuperar e pague multa que deve ao Maranhão

0
336

Presidente foi multado por andar sem máscara em Açailândia 

AQUILES EMIR

O governador Flávio Dino (PSB), segundo o site Metrópole, manifestou-se nesta sexta-feira (16), em Brasília (DF), sobre a internação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a quem desejou pleno restabelecimento. A preocupação, porém, como deixou transparecer, não é com a saúde do paciente, mas com a multa que o Maranhão tem a receber, por ter circulado sem máscara na última visita que fez ao estado.

Flávio Dino criticou a exploração política da enfermidade do presidente, que está internado desde quarta-feira (14), em um hospital de São Paulo, para onde foi transferido do Hospital das Forças Armadas, na capital federal, onde deu entrada com problemas intestinais, ainda como consequência da facada sofrida em setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG).

“Não quero tratar de forma alguma sobre problema de saúde de adversário p0lítico. O que eu lamento é a tentativa de politizar um problema de saúde”, disse ele.

Sobre a recuperação do presidente, lembrou que Jair Bolsonaro precisa estar bem para responder seus processos e pagar a multa que lhe foi aplicada pelo governo maranhense.

“Quanto ao problema de saúde, eu torço muito para que ele não tenha nada de grave e que resolva o problema dele, que os médicos resolvam, que o hospital resolva. Agora, outras pessoas tentam montar uma estratégia de vitimização que não é adequada, não é conveniente”, destacou.

“Nesse aspecto, eu lamento e espero que ele tenha sua saúde plenamente restaurada. Até porque, ele tem muitos processos para responder no futuro. E tem uma multa para pagar lá no Maranhão”, acrescentou.

Em maio passado, o presidente veio ao Maranhão para inaugurar uma ponte entre Alto Parnaíba e Santa Filomena (PI) e entregar títulos de propriedade rural em Açailândia. Por onde andou, interagiu com milhares de pessoas, sem máscara. Pelo evento de Açailândia foi multado em R$ 80 mil pela Vigilância Sanitária.

Meio ambiente – Flávio Dino foi Brasília nesta sexta para lançar o Plano de Recuperação Verde, elaborado pelo Consórcio de Governadores da Amazônia Legal,  que ele preside. O projeto prevê investimentos de R$ 1,5 bilhão em ações imediatas e a médio prazo para a recuperação da floresta e de desenvolvimento sustentável.

Apesar da iniciativa ser dos governadores, o novo ministro do Meio AmbienteJoaquim Leite, aceitou participar do encontro de forma virtual e acabou marcando uma reunião com todos os governadores para os próximos dias.

O diálogo do consórcio com o antigo ministro da pasta Ricardo Salles nunca existiu e a troca acabou apontando, segundo Dino, para a possibilidade de uma conversa com o órgão.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação