Flávio Dino diz ser a favor de tratamento precoce da “doença institucional” com um impeachment

0
240

Governador também defende confisco de vacinas das empresas 

AQUILES EMIR 

O governador Flávio Dino (PCdoB) voltou a defender nesta quarta-feira (07) o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diante de mais um pronunciamento a favor do tratamento precoce de covid-19 a fim de desafogar os hospitais e diminuir o número de óbitos no país. A defesa do presidente foi feita em Chapecó (SC), cidade que chegou a ter um dos maiores índices de casos da infecção, mas reduziu drasticamente esses números após autorização aos médicos para adotarem seus procedimentos para tratar os pacientes sem necessidade de internação.

Sobre a posição do presidente, escreveu o governador do Maranhão em suas redes sociais:

“Existe uma ‘doença institucional’ chamada crime de responsabilidade que só se resolve com um ‘tratamento precoce’: impeachment”.

Vale destacar que a posição do presidente foi a mesma defendida pela governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, que acompanhou Bolsonaro na visita a Chapecó. “Aqui em Chapecó, fizemos uma convergência de esforços no âmbito municipal, estadual e federal, que gerou resultados no combate da pandemia”, disse ela.

O ministro da Saúde,   Marcelo Queiroga,  também se posicionou sobre o exemplo de Chapecó e disse que ali houve um exemplo da alinhamento entre os diversos métodos para enfrentar a pandemia.

Confisco – Flávio Dino também se pronunciou sobre a aprovação pela Câmara Federal de compra de vacinas por empresas privadas. Segundo ele, se incorporadas ao seu patrimônio podem ser confiscadas pelo Poder público.

“Lembro que, se forem propriedade particular, as vacinas contra o coronavírus poderão ser requisitadas administrativamente por qualquer estado ou município, a fim de que sejam usadas pelo SUS. Em suma, me parece uma ideia ruim, em um péssimo momento, e nada resolve”, escreveu.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui