Roseana diz que questionará Dino como governador e não como ex-juiz

0
525

AQUILES EMIR

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB), mesmo admitindo que a disputa eleitoral vai ser difícil, lembrou que Flávio Dino (PCdoB) também terá dificuldades de se apresentar nesta eleição diferente do que foi em 2014, quando toda sua propaganda era fundamentada no fato de ter sido juiz e deputado federal, e agora ele vai ter de mostrar a cara como governador. Segundo ela, são muitos escândalos para ele se explicar ao longo da campanha.

Na disputa deste ano, disse Roseana, em vez de se apresentar como o “juiz ético”, o “deputado atuante”, Flávio Dino vai ter de mostrar suas credenciais de governador, dizer o que fez, o que deixou de fazer, como recebeu o Maranhão e como está entregando, e não poderá se queixar da falta de dinheiro para trabalhar, pois encontrou em caixa mais de R$ 3 bilhões, recebeu das repatriações mais de R$ 800 milhões e ainda tomou emprestado R$ 1,2 bilhão, ou seja, mais de R$ 5 bilhões à sua disposição e ele precisa dizer o que fez com todo esse dinheiro.

Roseana desdenhou ainda de um slogan da propaganda oficial do governo – “antes não tinha, agora tem” – para dar sua versão da administração daquele que deve ser seu principal adversário: “Antes não tinha ódio, agora tem”, “antes não tinha perseguição, agora tem”. Para ela, a propaganda oficial não bate com realidade, pois dizer que agora tem saúde é não conhecer como as pessoas são tratadas nos hospitais públicos.

A ex-governadora disse que nunca tratou seus adversários como inimigos, sempre respeitou as divergências de pensamento, entretanto nos últimos quatro anos o que se viu no Maranhão foi uma onda de perseguição a quem discorda do pensamento do governador, e nem mesmo a classe empresarial foi poupada da fúria do estado. Empresários pequenos e grandes, segundo ela, sentem a mão pesada do governo.

Segundo a ex-governadora, se o povo desejar o seu retorno, vai procurar devolver a alegria roubada dos maranhenses, que, como interpreta, não têm mais nem como se divertir nos momentos das grandes festas populares, como carnaval e São João, pois são apenas eventos pontuais, enquanto no seu tempo isto era estendido por toda São Luís e pelas cidades do interior do estado.

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação