Fluminense arranca empate contra o Coritiba somente nos acréscimos e se mantém distante do G4

0
60

Coxa e tricolor fizeram partida muito movimentada com seis gols, três para cada lado

O estádio Couto Pereira  em Curitiba (PR), recebeu uma grande partida entre Coritiba e Fluminense, pela 31ª rodada do Brasileirão Assaí. No fim, os dois times ficaram no empate em 3 a 3 nesta quarta-feira (20). Luiz Henrique, Natanael e Robson fizeram os gols dos paranaenses, e os cariocas igualaram com John Kennedy, Fred e Caio Paulista.

O resultado em Curitiba (PR) levou o Coxa aos 26 pontos e ao 18º lugar na tabela; por sua vez, o Tricolor permanece em sétimo, com 47. Veja os detalhes do duelo:

Em um primeiro tempo de defesas bem postadas e poucas oportunidades para marcar, o Coritiba foi cirúrgico. Na primeira tentativa, gol: logo aos dois minutos, Luiz Henrique dominou no meio-campo, carregou e acertou um chute de longe que entrou no canto esquerdo do goleiro. Em desvantagem, o Fluminense manteve a posse, partiu para cima e teve duas boas chances. Aos 13, Fred fez passe com o peito e achou Lucca, que bateu da entrada da área e errou o alvo.

A melhor oportunidade saiu dos pés de Calegari, que invadiu a área aos 19 e rematou cruzado – Wilson defendeu e a bola ainda atingiu o travessão. Mas em sua segunda e última finalização da etapa inicial, o time paranaense ampliou. Aos 32, Natanael recebeu em contra-ataque, acelerou pela direita e tocou na saída de Marcos Felipe para balançar a rede.

Depois de tentar exercer pressão no início da segunda etapa, o Tricolor descontou aos 12 minutos: Araújo fez boa jogada pela direita e bateu para a defesa de Wilson, mas John Kennedy pegou o rebote e mandou para a rede. O Coxa ameaçou aos 16, em chute de Matheus Galdezani salvo por Marcos Felipe. No entanto, o Fluminense se manteve no ataque e chegou ao empate aos 26, em cabeçada de Fred após cobrança de falta de Egídio. Mas a alegria dos cariocas durou pouco tempo. Aos 30, Robson soltou uma pancada de longe no canto esquerdo e recolocou os paranaenses na frente.

Na reta final, o Fluminense partiu para o ataque, pressionou e chegou ao empate já aos 45 minutos: Wellington Silva fez passe para Caio Paulista, que bateu rasteiro e viu a bola passar debaixo das pernas de Wilson para entrar. O garçom do gol da igualdade teve oportunidade de virar aos 47, mas chutou por cima após aparecer livre entre a zaga. Ainda houve tempo para que dois atletas fossem expulsos por confusão: John Kennedy, do Flu, e Robson, do Coritiba. Depois de tudo isso, o árbitro apitou o fim do jogo e confirmou o 3 a 3.

(Da CBF com foto de Gabriel Machado)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação