Fluminense defende vaga nas semifinais da Sul-Americana nesta quarta contra Nacional do Uruguai

0
663

Na tarde desta terça-feira (30) foi agitada para os jogadores do Fluminense em Montevidéu (Uruguai), onde os atletas conheceram o Gran Parque Central, estádio do Nacional, adversário do confronto decisivo desta quarta-feira, às 19h30, que vale a vaga na semifinal da Copa Sul-Americana.

Após o reconhecimento do gramado, o time foi para outro estádio, o Parque Alfredo Víctor Viera, que pertence ao Montevideo Wanderers, onde fez o último treinamento antes desta partida na capital uruguaia.

No Parque Central, a visita durou aproximadamente 20 minutos. Logo depois, o grupo tricolor foi para o estádio do Wanderers. A atividade teve ênfase nas bolas paradas e também nas cobranças de pênalti, que podem ser decisivas por uma vaga na semifinal.

No jogo de ida, no Nilton Santos, na quarta-feira passada, houve empate em 1 a 1. Por isso, o Tricolor precisa da vitória para avançar. Igualdade por dois ou mais gols também dão a vaga ao Flu. Depois do treino, os jogadores voltaram ao hotel onde o time está hospedado em Montevidéu e de lá só saem para o jogo decisivo contra o Nacional.

Equilíbrio – O técnico Marcelo Oliveira aposta no equilíbrio do time para conquistar a classificação fora de casa.

“Voltar ao Uruguai é sempre prazeroso, pois a experiência que tive aqui foi muito boa, fiz amigos, falei com alguns jogadores com quem joguei junto, mas chegamos com o equilíbrio e preparação necessários para esse jogo. É uma partida decisiva, importante, temos que passar por essa pressão que exerce a boa equipe do Nacional aqui e ter a tranquilidade para agredir e buscar o gol que necessitamos para passar – explicou o treinador, falando sobre o possível time que entra em campo”, disse ele.

(Com dados e imagens do Fluminense)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação