Fluminense, no sufoco, consegue empate com Chapecoense nos acréscimos

0
483

O Fluminense entrou em campo nesta segunda-feira (03) contra a Chapecoense para fechar a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após sair na frente com Richarlison, o Flu levou a virada, mas conseguiu empatar com Pedro no segundo tempo. A Chapecoense ainda marcou no fim, mas o tricolor lutou até o fim e, nos acréscimos, Marcos Júnior decretou o placar da partida em 3 a 3.

O jogo também marcou o retorno do tricolor ao Giulite Coutinho, em Mesquita, após três meses do último jogo ainda pelo Campeonato Carioca e teve o apoio do torcedor tricolor. Com o resultado, o Fluminense ocupa a sétima posição na tabela de classificação, com 16 pontos. O próximo compromisso do time de Abel Braga é fora de casa no domingo, quando enfrenta o Bahia na Fonte Nova, às 16h.

Com um minuto e meio de jogo e o Flu abriu o placar contra a Chapecoense. Linda triangulação na entrada da área e passe certeiro de Scarpa para Richarlison marcar 1 a 0. Scarpa lançou para Léo aos 6 minutos, que avançou pela linha de fundo e cruzou, mas a bola bateu na zaga.

Aos 12, a Chapecoense chegou ao empate com Rossi. Boa chance no passe de Calazans para Pedro, que chutou e Jandrei defendeu. Na sequência, Henrique quase marcou de cabeça, após cobrança de escanteio. No fim do primeiro tempo, virada da Chapecoense com Arthur.

No segundo tempo, aos 5 minutos do recomeço da partida, Scarpa cobrou escanteio na primeira trave, mas a defesa afastou. O Tricolor fez bonita jogada entre Calazans e Wellington Silva aos 16 minutos, a bola ficou com Richarlison, mas o árbitro marcou posição de impedimento.

O Flu chegou ao empate com Pedro aos 24, após chute cruzado de Wellington Silva, deixando tudo igual no placar. Cobrança de escanteio aos 29 e Calazans ficou com a sobra, chutou forte e o goleiro defendeu. A Chapecoense marcou o terceiro com Arthur, mas o Flu não se abateu e buscou novo empate com Marcos Júnior nos acréscimos.

Ficha técnica
Fluminense- Júlio César; Lucas (Lucas Fernandes), Reginaldo, Henrique e Léo (Wellington Silva); Orejuela (Marcos Júnior), Wendel, Marcos Calazans, Gustavo Scarpa e Richarlison; Pedro. Técnico: Abel Braga.
Chapecoense – Jandrei; Diego Renan (Nathan); Douglas Grolli, Fabrício Bruno, Reinaldo; Andrei Girotto, Lucas Marques e Lucas Mineiro; Rossi, Wellington Paulista (Lourency) e Arthur. Técnico: Vagner Mancini.

Após esta partida, veja como ficou a classificação:

CLASSIFICAÇÃO PG J V E D GP GC SG %
Corinthians 29 11 9 2 0 19 5 14 88
Grêmio 22 11 7 1 3 23 12 11 67
Flamengo 20 11 5 5 1 18 8 10 61
Palmeiras 19 11 6 1 4 15 9 6 58
Santos 17 11 5 2 4 10 8 2 52
Vasco 16 11 5 1 5 15 22 -7 48
Fluminense 16 11 4 4 3 20 19 1 48
Atlético-MG 16 11 4 4 3 13 12 1 48
Coritiba 16 11 4 4 3 11 10 1 48
10° Botafogo 15 11 4 3 4 12 11 1 45
11° Ponte Preta 15 11 4 3 4 12 13 -1 45
12° Sport 15 11 4 3 4 13 16 -3 45
13° Cruzeiro 14 11 4 2 5 11 12 -1 42
14° Atlético-PR 14 11 4 2 5 11 15 -4 42
15° Chapecoense 14 11 4 2 5 17 22 -5 42
16° Bahia 11 11 3 2 6 13 14 -1 33
17° São Paulo 11 11 3 2 6 10 11 -1 33
18° Vitória 9 11 2 3 6 9 15 -6 27
19° Avaí 9 11 2 3 6 5 13 -8 27
20° Atlético-GO 7 11 2 1 8 8 18 -10 21

(Comunicação FFC com foto de Nelson Perez)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação