Fortaleza derrota Sport e recupera o terceiro lugar e Athletico Paranaense goleia o Grêmio

0
109

Furacão derrotou o time gaúcho por 4 a 2 e subiu na tabela

O Fortaleza derrotou o Sport do Recife por 1 a 0, em confronto realizado na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), com gol marcado por Marcelo Benevenuto, ainda na primeira etapa do jogo. Em outro jogo da noite deste domingo,( 26), o Athletico Paranaense somou mais três pontos para a tabela de classificação ao golear o Grêmio por 4 a 2,  na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

A vitória do Fortaleza interrompe uma sequência de seis jogos sem vitórias do Leão do Pici no Brasileirão e faz com que o time suba para a terceira colocação, com 36 pontos. Já o Sport está na zona de rebaixamento, em 19º, com 17 pontos somados.

O gol da partida em surgiu aos 32 minutos. Crispim cobrou o escanteio, Marcelo Benevenuto subiu livre e tocou para o fundo das redes.

https://twitter.com/AthleticoPR/status/1442275994451132422?s=19

Goleada –  Após quebrar o jejum de sete jogos sem vitórias e garantir três pontos na rodada passada, o Athletico Paranaense começou o primeiro tempo diante do Grêmio pressionando. Logo aos cinco minutos, Renato Kayzer desviou cruzamento de Khellven com muito perigo. Depois, na marca dos 30, Pedro Rocha ganhou a disputa com Ruan e bateu cruzado para abrir o placar na Arena da Baixada: 1 a 0. Quinze minutos depois, Nikão cruzou na cabeça de Pedro Rocha, que marcou o segundo dele e do Furacão.

Embalado, o time rubro-negro continuou ofensivo na volta do intervalo. E, ainda aos nove minutos, Renato Kayzer completou cruzamento de Khellven para fazer o terceiro. Procurando espaços, o Grêmio conseguiu descontar aos 13. Vanderson cobrou escanteio, e Thiago Santos testou para o fundo das redes. Mas o Furacão nem deu tempo para os visitantes seguirem reagindo. Aos 15, Khellven deu nova assistência para Renato Kayzer, sem marcação, finalizar sem chances para o goleiro Chapecó: 4 a 1. O Tricolor voltou a diminuir a diferença no placar aos 38, em chute cruzado de Vanderson, e depois o marcador não foi mais alterado.

(Com informações da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui