“Devemos cuidar bem da nossa sociobiodiversidade”, diz Flávio Dino em evento da Fundação Amazônia

0
77

Governador Flávio Dino falou no primeiro painel da programação

Ações cooperativas mundiais pela Amazônia, unindo esforços das gestões, empresariado e sociedade civil foram debatidas, nesta quinta-feira (22), em evento virtual, que contou com a participação do governador Flávio Dino, presidente do Consórcio da Amazônia Legal, foi promovido pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS-Amazônia). O ciclo de debates reuniu autoridades ambientais, políticas, pesquisadores, representantes de entidades e da sociedade.

O ciclo de debates teve como tema ‘O papel de todos os setores da sociedade para implementar o desenvolvimento sustentável na Amazônia’. Marca as programações da Semana da Terra, em lembrança ao Dia Terra, comemorado nesta quinta-feira, em todo país. O governador Flávio Dino teve fala no primeiro painel da programação, com o subtema ‘Cooperação Internacional para a Amazônia’.

O governador enfatizou que devem ser priorizadas a abordagem fundada na colaboração, cooperação e diálogo para que possa produzir melhores resultados comuns. Lembrou o quanto o Brasil avançou nas últimas décadas, por meio de tratados, acordos e compromissos globais. Pontuou ainda a soberania nacional.

“À frente do olhar do mundo para o Brasil, deve estar a compreensão de que devemos cuidar bem da nossa sociobiodiversidade, que isto é algo essencial para que os brasileiros e brasileiras tenham o direito à qualidade de vida”, frisou.

O governador informou que está reafirmado, por documento público, a visão dos governadores que compõem o consórcio da Amazônia Legal, pautada em uma agenda ambiental. “Não vemos a floresta como obstáculo, mas sim, como elemento estratégico de uma visão dos nossos compromissos ambientais. Esta é a estrada correta que nos conduz para a melhoria dos indicadores sociais na nossa região”, enfatizou.

O documento engloba o plano de recuperação da floresta, a partir de projetos dos Estados e em torno de quatro eixos: freio ao desmatamento ilegal, produção sustentável, tecnologia verde com capacitação e infraestrutura verde. “É um projeto de desenvolvimento regional capaz de atrair financiamento colaborativo daqueles que já nos ajudam e dos que podem colaborar ainda mais para viabilizar essas ações na Amazônia”, explicou Flávio Dino.

Ele reforçou que “em um país continental e estruturado sobre a forma federativa, só é possível ter qualidade da ação pública mediante articulação com os governos regionais, locais e as esferas subnacionais”. Ele ressaltou ainda que a partir do painel e eventos semelhantes pró-Amazônia, “possamos avançar em temas essenciais e aludir a uma estratégia de desenvolvimento”. Outros dois painéis marcaram a programação do evento – ‘Empresas para a Amazônia’ e ‘Sociedade Civil para a Amazônia’.

FAS – A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil, fundada em 2008, com a missão de contribuir para a conservação ambiental da Amazônia. A estratégia é promover a valorização e preservação da floresta, de sua biodiversidade e comunidades ribeirinhas, por meio do saber sobre desenvolvimento sustentável. A FAS executa projetos ambientais, sociais e econômicos voltados para a conservação da Floresta Amazônica.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação