Governo Bolsonaro é aprovado por 41% e rejeitado por 49%. Popularidade é maior entre mais pobres

0
640

Considerando o nível de escolaridade, os que cursaram ensino superior são os que mais desaprovam o chefe do Executivo

Pesquisa realizada pelo DataPoder360 e divulgada nesta quinta-feira (25) pelo portal Poder360, mostra que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem aprovação de 41% da população brasileira, enquanto 49% desaprovam. Segundo o instituto, os números se mantiveram estáveis desde o último levantamento, realizado há 15 dias.

O levantamento foi feito entre os dias 22 a 24 de junho, portanto, após a prisão do ex-assessor do senador Flávio Bolsonato Fabrício Queiroz, encontrado numa chácara do advogado Frederick Wassef, que presta serviços para a família do presidente, ou seja, pelo levantamento, o episódio não abalou as taxas de aprovação e desaprovação do governo.

Foram ouvidas, por telefone, 2.500 pessoas em 549 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

De acordo com o Poder360, a taxa de aprovação mais alta é no grupo dos mais pobres (os que não têm renda fixa) que estão recebendo o auxílio emergencial de R$ 600. O percentual positivo para o presidente é igual, considerando a margem de erro, entre homens e mulheres: 42% e 40%, respectivamente, aprovam a administração federal.

Considerando o nível de escolaridade, os que cursaram ensino superior são os que mais desaprovam o chefe do Executivo: 66% nesse estrato.

As regiões Centro-Oeste e Norte também são onde o governo lidera em aprovação no país: com 52% e 48%, respectivamente. Já no Nordeste, 59% dizem desaprovar o militar.

O gráfico a seguir mostra o desempenho do governo federal estratificado por gênero, idade, região, escolaridade e renda.

Saiba quem mais rejeita o presidente:

  • 53% – mais jovens, de 16 a 24 anos;
  • 63% – com ensino superior;
  • 59% – nordestinos.

Saiba quem mais aprova o presidente:

  • 35% – que tem ensino fundamental;
  • 35% – mais velhos, acima de 60 anos;
  • 40% – população do Centro-Oeste.

(Com informações do Poder360)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação