Governo do Estado mantém tenda da Vacinação no Centro de São Luís até janeiro

21

Pontos de imunização estão na Deodoro e Pedro II 

O aumento da procura da tenda da Vacinação de Natal prorrogou a ação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) até o dia 6 de janeiro de 2023. A estratégia leva a imunização contra Influenza e Covid-19 às Praças Deodoro e Dom Pedro II, no Centro da capital, onde as apresentações e decorações natalinas atraem milhares de visitantes.

Com a iniciativa, a população ganha dois pontos de vacinação em horário alternativo. A tenda da Vacinação de Natal funciona de quinta-feira a domingo, das 17h às 20h, e atende ao público de todas as idades.

“A ação é uma estratégia de Governo cujo objetivo é avançar na imunização. Nas duas tendas, colocamos à disposição das pessoas a vacina contra Influenza, além de todas as doses contra Covid-19, incluindo também a dose infantil e a quinta dose. Com isso, esperamos que quem ainda não concluiu seu esquema o possa fazer”, disse a chefe do Departamento de Controle das Doenças Imunopreveníveis da SES, Halice Figueiredo.

No Maranhão, 14% das pessoas com mais de 18 anos tomaram as quatro doses recomendadas da vacina contra a Covid-19. A taxa de vacinação cai ainda mais no esquema infantil.

“É importante que a gente complete o nosso esquema vacinal. Até agora, menos de mil crianças de 6 meses a 2 anos foram vacinadas. Essa é uma atenção que pedimos para a vacinação contra a Covid-19 para que a gente possa proteger da forma mais grave da doença, do risco de internação”, alertou o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes.

Das mais de 13 mil doses da Pfizer Baby distribuídas no estado, apenas 890 foram aplicadas. Na faixa etária de 3 a 4 anos, apenas 1,24% recebeu as duas doses da Coronavac. Entre 5 a 11 anos, o número de crianças com duas doses aumenta um pouco e alcança 27,33%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui