Governo do Estado pretende transformar a Expoema deste ano em grande evento popular

0
5624

AQUILES EMIR

O Governo do Estado pretende transformar a 61ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema) num grande evento popular, com a inclusão de uma grade de shows gratuitos com artistas de grande apelo popular e outras atrações que podem atrair multidões para o Parque Independência. O evento está marcado para o período de 1º a 08 de setembro, ou seja, três semanas antes da eleição para governador.

De acordo com informação de um diretor da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), tendo como referência a versão do ano passado e reconhecendo que não há necessidade de bloquear o Parque Independência para esse tipo de evento, o Governo decidiu liberar o imóvel, que havia sido tomado em 2016, e pode até reeditar um comodato para que a entidade volte a administrar o terreno, tal como estava previsto no contrato que foi cancelado unilateralmente, apesar de sua vigência ser até 2022.

Ainda de acordo com este diretor da Ascem, o objetivo do governo é levar o povão para dentro do parque, por isto propõe, em troca do patrocínio, que os portões sejam abertos, inclusive nas áreas de shows. Esse diretor acredita que a liberação dos portões não prejudicará os negócios dos expositores, já que as transações são feitas ao longo do dia, enquanto o grande público frequenta à noite.

Ainda como parte da programação, o Governo do Estado teria sinalizado levar para o Parque Independência as festas de comemoração dos aniversário de São Luís, que estará completando em setembro 406 anos de fundação. A rigor, a programação seria da Prefeitura Municipal, mas em 2018 o Executivo Estadual quer ser o dono da festa, por se tratar de um ano especial.

Comodato – A grande expectativa dos pecuaristas é quanto ao retorno do Parque Independência ao controle da Ascem, pois ficou constatado que a área é muito extensa, portanto podem ser construídas as unidades habitacionais previstas pelo projeto da Secretaria das Cidades e ficar mantido o espaço de exposição e outros tipos de evento.

Vale ressaltar que em dezembro de 2015, a diretoria da Ascem apresentou ao vice-governador Carlos Brandão um projeto que visa à transferência de todos os órgãos do Estado voltado ao setor primário para o Independência, a criação de uma área de lazer para ser compartilhada com a comunidade do entorno e uma série de outras melhorias. Meses depois da apresentação do projeto, o Governo interveio no parque, tornou sem validade o contrato de comodato e inviabilizou a Expoema de 2016.

Passados mais de dois anos dessa intervenção, o Estado finalmente reconheceu que o ato foi desnecessário e vai liberar a área para que volte a ser palco do maio evento do agronegócio no estado, mas este ano será uma festas para o povo.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação