Japão doa R$ 211 mil ao Aldenora Bello para combate ao câncer de útero

0
429

Com o objetivo de apoiar o Hospital do Câncer Aldenora Bello nas suas ações de atendimento e serviços que visem a prevenção do câncer do colo uterino voltadas às mulheres carentes de São Luís, o Governo do Japão doou R$ 211.350,00 para a Fundação Antonio Dino, sua mantenedora. O valor foi viabilizado pelo Consulado do Japão em Belém por meio do Programa de Assistência à Projetos Comunitários e de Segurança Humana (APC), para a execução do Projeto de Instalação de Consultório Móvel para a Prevenção do Câncer de Colo Uterino.

Nesta segunda-feira (12), o cônsul-principal do Japão em Belém (PA), Keiji Hamada, e a presidente da Fundação AntOnio Dino, Enide Jorge Dino, formalizaram a doação na sede do Hospital do Câncer Aldenora Bello.

O cônsul Hamada explicou que a verba foi destinada para a fabricação do consultório móvel para a realização de serviços relacionados à prevenção do câncer de colo uterinoem localidades carentes e muitas vezes distantes dos locais de atendimento. Para a presidente da Fundação Antonio Dino, Enide Jorge Dino essa doação corrobora com a necessidade da ajuda de todos a fim de atender melhor a população carente.

“É com muita honra e agradecimento que recebemos do Povo Japonês essa colaboração que tanto vai ajudar no controle do câncer de colo uterino já que vamos até as comunidades mais carentes. E essa ajuda veio bem na época da nossa Campanha do Março Lilás idealizada pela Dra Rachel Cossetti oncologista do Hospital do Câncer Aldenora Bello.  Ao povo japonês o nosso muito obrigada”, complementou.

O Consultório Amigo da Vida está atendendo aos sábados em comunidades carentes com a Campanha Março Lilás. As Solicitações para visita são feitas na FAD através de ofício e dependendo da disponibilidade das datas.

Aldenora Bello  – O Hospital do Câncer Aldenora Bello (HCAB) é a principal unidade mantida pela Fundação Antonio Dino, cujo foco é o tratamento contra o câncer. O hospital realiza mais de 50.000 atendimentos mensais. Possui 175 leitos, divididos em enfermarias clínicas e cirúrgicas, pediatria, apartamentos, UTI e serviço de pronto atendimento. Conta com um quadro de 783 funcionários, com mais de 450 destes atuando diretamente na assistência ao paciente oncológico.

Os atendimentos aos pacientes são realizados através de convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS) em mais de 80% dos casos. Os demais atendimentos são realizados através de convênios com planos de saúde, atendimentos particulares e atendimentos filantrópicos. A manutenção das atividades do HCAB e demais ações promovidas pela Fundação Antonio Dino torna-se possível através da complementação do seu custeio por meio de doações realizadas por pessoas físicas e jurídicas, captadas através do trabalho do serviço de telemarketing institucional, doações espontâneas e parcerias institucionais.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação