Grêmio e Santos empatam e não diminuem a distância para o líder Corinthians

0
435

Dois empates fecharam o domingo (30) de Série A. Em Porto Alegre (RS), Grêmio e Santos ficaram no 1 a 1 e mantiveram a vantagem do líder Corinthians. Vice-líder, o Tricolor gaúcho soma 33 pontos, oito a menos que o Timão. Já o Peixe tem 31 e continua dez pontos atrás do rival paulista. Em Belo Horizonte, também não houve vencedor no confronto entre Cruzeiro e Vitória e o placar se manteve inalterado.

Brigando na parte de cima da tabela, Grêmio e Santos protagonizaram um confronto direto equilibrado. As redes da Arena do Grêmio balançaram na reta final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, o Peixe saiu na frente. Após cobrança de escanteio de Jean Mota, David Braz aproveitou desvio de Bruno Henrique e completou para o gol, 1 a 0. A resposta tricolor foi imediata e, aos 46, Fernandinho deixou tudo igual. O atacante mostrou oportunismo, pegou o rebote de Vanderlei e empatou, 1 a 1.

No Mineirão, o Cruzeiro criou as principais chances de gols, mas esbarrou na grande atuação do goleiro Fernando Miguel e o duelo terminou zerado. Na estreia do técnico Vagner Mancini, o Leão segurou as investidas da Raposa e garantiu um ponto fora de casa. Já o time mineiro chega ao quarto jogo sem vitórias no Brasileirão. Com o resultado, o time baiano segue na vice-lanterna com 13 pontos. Com 23, o Cruzeiro ocupa a nona posição.

Liderança – O líder Corinthians segue invicto no Brasileirão 2017. Neste domingo (30), empatou com o Flamengo em 1 a 1. Jogando na Arena Corinthians, o Flamengo buscou tomar a iniciativa da partida e pressionar a saída de bola do líder. Com a defesa sólida, o líder Corinthians não se desesperou e saiu na frente. Mortal no contra-ataque, Jô recebeu lançamento de Balbuena e finalizou cruzado para superar o estreante Diego Alves, 1 a 0. Na etapa final, o Rubro-Negro foi para cima e chegou ao empate aos 25 minutos.

Após cobrança de escanteio, Juan ajeitou para Réver emendar um voleio e deixar tudo igual, 1 a 1. Aproveitando o bom momento, o Flamengo teve a chance da virada, mas Diego finalizou por cima do gol de Cássio. Na reta final, Pedro Henrique quase fez contra, Diego Alves evitou o segundo de Jô e a igualdade persistiu.

 

No Couto Pereira, o Atlético Mineiro contou com dois pênaltis a favor na etapa inicial. No primeiro, Fábio Santos converteu e abriu o placar aos 12 minutos. No segundo, aos 24, Wilson pegou a cobrança de Cazares e salvou o Coritiba. Na volta do intervalo, o duelo seguiu movimentado com chances de gols para os dois lados, mas foi o Galo que marcou novamente. Aos 27 minutos, Rafael Moura aproveitou a sobra da defesa e ampliou, 2 a 0.

 

Na Arena Fonte Nova, o Sport foi para o intervalo em vantagem. Aos 18 minutos, Everton Felipe recebeu de Lenis, finalizou rasteiro, de primeira, e abriu o placar, 1 a 0. No segundo tempo, o Bahia chegou ao empate aos 13 minutos com Rodrigão. Após cruzamento de Matheus Sales, o atacante desviou de cabeça e igualou o marcador, 1 a 1. A resposta rubro-negra foi imediata e, aos 20 minutos, Ronaldo Alves completou chute cruzado de Lenis e recolocou o Leão na frente. Após duas assistências, Lenis deixou o dele e sacramentou a vitória pernambucana em 3 a 1.

(Da CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação