Grêmio leva a melhor no Gre-Nal e ocupa o quinto lugar na tabela de classificação do Brasileiro

0
333
Jogadores do Grêmio comemoraram vitória no clássico gaúcho (Pedro H. Tesch/AGIF)

No clássico Gre-Nal deste domingo (03), valendo pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio levou a melhor e venceu por 2 a 0, na Arena, em Porto Alegre (RS), seguindo firme no G-6 da competição. Foi a terceira vitória seguida do Grêmio, que agora soma 50 pontos, na quinta posição da tabela de classificação., enquanto o Colorado, com 46, ocupa o sétimo lugar.

Jogando em casa, o Grêmio dominou as ações diante do Internacional. A primeira boa chance saiu logo aos três minutos, quando Alisson cobrou escanteio, e Luciano cabeceou para defesa de Marcelo Lomba. Depois, aos 19, Galhardo cobrou falta, Lomba deu rebote, e ele mesmo quase marcou. A primeira tentativa do Colorado só saiu aos 26, quando Wellington Silva recebeu na intermediária e finalizou muito perto do gol de Paulo Victor. Mas a pressão gremista não diminuiu e, aos 33 minutos, Pedro Geromel colocou o Tricolor na frente. Alisson cobrou falta na área, e o zagueiro subiu alto para mandar para o fundo das redes: 1 a 0.

O Grêmio seguiu ofensivo na volta do intervalo e quase ampliou no primeiro minuto, quando Everton saiu em velocidade, tabelou com Tardelli e acertou a trave. Depois, aos cinco, Marcelo Lomba acertou Luciano em uma tentativa de evitar a arrancada do atacante e acabou expulso com cartão vermelho direto. Com um a menos, o Inter não conseguiu reverter o placar e ainda viu o Tricolor marcar o segundo aos 32. Tardelli avançou com a bola e tocou para Pepê, que tocou para Rômulo encobrir Danilo Fernandes e fechar o placar na Arena: 2 a 0.

Furacão – O Athletico Paranaense recebeu o CSA-AL, na Arena da Baixada, em Curitiba e venceu por 1 a 0. O resultado da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro fez o Furacão entrar no G-6 da competição.

Com 46 pontos, o time paranaense subiu para o sexto lugar, enquanto o CSA, com 29, ocupa a 18ª posição. Com o resultado, o campeão da Copa do Brasil vai fazendo a zona de classificação para a Libertadores virar G-7.

(Com informações da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação