Grêmio vence Lanús e está a 90 minutos de conquistar a terceira Libertadores

0
466

Em sua Arena, em Porto Alegre (RS), diante de um público recorde, 55.188 torcedores, Grêmio recebeu o Lanús, da Argentina, para o primeiro jogo da final da Conmebol Libertadores Bridgestone. Os donos da casa saíram de campo com uma vitória por 1 a 0 sobre os visitantes, com gol de Cícero.

As duas equipes iniciaram a partida estudando uma a outra. Os argentinos vieram fechados, marcando muito bem e conseguiram levar perigo a meta gremista por algumas vezes – Marcelo Grohe fez duas grandes defesas, impedindo que o marcador fosse aberto pelos visitantes.

O Grêmio tentou por meio de cruzamentos, mas todos pararam nas mãos de Arana. Por duas vezes, o Tricolor teve a chance de marcar, pegando a defesa argentina desprevenida, mas não teve sucesso.

Na etapa complementar o tricolor gaúcho começou melhor. Logo aos 13 minutos, Bruno Cortez deu um belo chute a gol, só não entrou porque Arana desviou a escanteio. Renato fez sua primeira alteração, colocando Everton no lugar de Fernandinho. Aos 26′, Cícero ocupou a posição de Jailson e Jael aos 29′, a de Lucas Barrios.

Mas foi aos 37 minutos que a Arena enfim comemorou. Após um lançamento de Edilson, a bola caiu para Jael que tocou para Cícero. O meia desviou e mandou entre as pernas de Andrada, assinalando o primeiro gol gremista e único da partida.

O Grêmio está próximo de conquistar o TRI da América. Faltam 90 minutos. O time viaja com a vantagem para a Buenos Aires, onde enfrenta na próxima quarta-feira (29), a equipe argentina pelo segundo jogo.

(Com dados e imagem do Grêmio)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação