Grupo de samba Os Fuzileiros da Fuzarca ganha exposição em comemoração aos 88 anos

4

Grupo de samba originário da Madre de Deus

O carnaval é uma das festas populares mais conhecidas no mundo ocidental, sendo a maior festividade do Brasil. No cenário maranhense, desde 11 de fevereiro de 1936, brilham nas cores preto e branco a história do bloco mais antigo do estado, Os Fuzileiros da Fuzarca, grupo de samba originário da Madre de Deus.

No ano em que o bloco comemora o seu 88° aniversário, o Museu da Imagem e do Som, convida a população para prestigiar a Exposição ‘Da Vila pro Forte Fuzileiro’ com abertura neste sábado (3), às 16h, no Complexo Cultural Forte Santo Antônio da Barra, com direito a apresentação do bloco os Fuzileiros, dentre outros convidados especiais. A exposição terá fotos, vídeos, instrumentos e indumentárias que fazem parte do acervo do bloco, e ficará à disposição do público até o dia 15 de março. 

Segundo Marla Campos, gestora do Forte Santo Antônio, será a oportunidade das pessoas conhecerem mais sobre o bloco mais antigo do estado. “Contaremos a história do bloco em uma linha do tempo com fotografias mostrando as comemorações de datas importantes, registros de viagens que eles fizeram, por exemplo, para Paris. Além disso, eles estarão conosco celebrando o aniversário deles, nessa abertura, com muito samba e carnaval”.

Fuzileiros 88 anos – O bloco Fuzileiros da Fuzarca foi fundado no ano de 1936 por poetas, compositores e músicos, tornando-se um dos símbolos do Carnaval de rua de São Luís desde a criação.

O grupo é composto por cerca de 100 brincantes (ritmistas e pastoras) e é o último bloco sobrevivente dos grupos tradicionais da década de 1940.

Cristóvão Colombo da Silva, o popular ‘Alô Brasil’, Sandoval Silva, Mané Caju, Pedro Pantaleão, Astrogildo Silva, Carlos Moreira e José João, foram os iluminados menestréis que deram vida a uma das mais puras tradições da cultura popular do Maranhão.

O ritmo cadenciado, produzido pelas retintas, taróis-de-mão e duas-por-uma (instrumento de percussão cobertos com couro de bode e carneiro), além do preto e do branco, cores usadas; e da estrela nas confecções das fantasias, são as marcas inconfundíveis do Fuzileiros da Fuzarca. 

SERVIÇO

O quê: Exposição ‘Da Vila pro Forte Fuzileiro’
Quando: Abertura, sábado (03), às 16h
Onde: Forte Santo Antônio (Ponta D’Areia)
Entrada gratuita
Contato: Marla Campos, Gestora do Forte – (98) 98493-1047

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui