Habemus Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro. Ótima escolha!

24

É moderno e tem visão não reacionária do mundo agro

*Membro do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS)

JOSÉ LUIZ TEJON*

Temos o ministro! O Governo Lula decidiu pelo ministro Carlos Fávaro para ministro da Agricultura.

O Fávaro, senador, foi vice-governador do Mato Grosso, é produtor rural e liderou de uma maneira muito positiva a Aprosoja, do Mato Grosso, a Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado do Mato Grosso, do maior estado produtor de grãos do mundo.

Eu conheço o Carlos Fávaro e entendo que se trata de uma ótima indicação para o Ministério da Agricultura. É uma personalidade competente, compreende perfeitamente o que significa a agropecuária, o que significa o sistema de agronegócio na sua visão de cadeia produtiva, compreende muito bem os aspectos que envolvem ciência e ao mesmo tempo a necessidade ambiental como sendo um fator vital que nos leva ao agronegócio daqui pra frente.

Ele é moderno, ele tem uma visão não reacionária do mundo agro, o que é muito importante,  é uma personalidade contemporânea, moderna de ótima formação também. Então considero aqui no nosso Agroconsciente que a indicação para ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o senador Carlos Fávaro do Mato Grosso se trata de uma indicação muito positiva.

Ao mesmo tempo, ele mantém um extraordinário diálogo com toda a categoria de produtores e não pode, de maneira alguma, ser acusado de comunista, porque não é mesmo. Então é uma pessoa que sempre se manteve na linha do empreendedorismo, na linha das realizações e conduziu de uma maneira muito brilhante no seu período a Aprosoja, onde eu, inclusive, pude acompanhar o trabalho lá exercido por Carlos Fávaro.

Portanto, Habemus ministro da Agricultura do Brasil, Carlos Fávaro, na minha opinião se trata de uma indicação prudente, sábia, e que deverá contribuir muito fortemente para apaziguar os ânimos radicais dentro da agropecuária brasileira. Que Carlos Fávaro tenha saúde e que possa exercer o que tanto precisamos, doravante, no agronegócio do Brasil que é uma reunião para um objetivo conjunto e único que é dobrar o agro de tamanho nos próximos 10 anos e ao mesmo tempo fazer isso com sustentabilidade.

Boa sorte ao ministro Carlos Fávaro e a todos nós! Um grande abraço!

Sobre o CCAS – O Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicílio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, por sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. Não podemos deixar de lembrar que a evolução da civilização só foi possível devido à agricultura. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa, assim como a larga experiência dos agricultores, seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS nas redes sociais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui