Haddad lidera corrida presidencial no Maranhão com 30 pontos à frente de Bolsonaro

0
2831

AQUILES EMIR

Pesquisa do Instituto Exata divulgada neste domingo (26) pelo Jornal Pequeno mostra o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) como líder nas intenções de voto para presidente da República no Maranhão, com 47% da preferência do eleitorado. A pesquisa teria sido feita entre os dias 19 e 23, ou seja, começou quatro dias após Haddad ter sido lançado vice do ex-presidente Lula, que deve ser substituído por ele, caso seja negado seu registro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com os números do Exata, o petista tem 30 pontos a mais que o segundo colocado, Jair Bolsonaro (PSL), que aparece com 17% das intenções de votos dos maranhenses. Depois de Bolsonaro, aparecem Marina Silva (Rede) com 8%; Ciro Gomes (PDT) com 6%; Geraldo Alckmin (PSDB) com 2%.  Com 1%, aparecem empatados, Álvaro Dias (Podemos), Vera Lúcia (PSTU) e Henrique Meirelles (MDB), enquanto os demais – João Amoêdo (Novo), João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL) e José Maria Eymael (Democracia Cristã) – não pontuaram.

As chances do PT vencer a eleição presidencial no estado aumenta mais ainda se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva puder concorrer, pois ele teria 67% dos votos, ou seja, mais de 50 pontos à frente de Bolsonaro, que se mantém com seus 17%.

Neste cenário, em terceiro lugar, Marina cairia para 4%, Ciro Gomes para 3%, Geraldo Alckmin e Cabo Daciolo teriam 1%, cada um, e os demais não pontuaram.

Fernando Haddad foi lançado vice de Lula para poder tocar a campanha petista, já que os ex-presidente, por estar condenador por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, não pode deixar a carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde está recolhido. Caso o ex-presidente seja confirmado, ele deixa de ser candidato e a vice passa a ser Manuela D´Ávila (PCdoB), que também seria mantida em caso de Lula ter sua candidatura rejeitada e Haddad passar a ser o candidato do PT.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MA-07422/2018. Segundo o Exata, a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O índice de confiança seria de 95%.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação