IEL seleciona estudantes para estudantes em São Luís e no interior do estado

16

CONVERSA FRANCA

Vagas para estágio no Maranhão

Órgão vinculado ao Sistema Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) está com mais de cem vagas para estágio na área de Pedagogia em São Luís. As oportunidades são para atuação nas Escolas Servico Social da Indústria (Sesi) em São Luís e Paço do Lumiar (Araçagi), tanto para o período matutino (07h às 13h) quanto para o vespertino (12h30 às 18h30).

Além das vagas para estudantes do curso de Pedagogia, há outras dez oportunidades de estágio para alunos dos cursos superiores de Administração, Arquitetura, Ciências Contábeis, Design e Marketing, além de vagas para quem cursa Técnico em Administração. Nas cidades do Sul do Estado – Imperatriz e Açailândia – também há vagas para estágio.

Os cursos de nível superior a preencher são:  Administração, Letras -Português/Inglês, Biomedicina, Pedagogia e Matemática. Para nível técnico há vagas para estudantes do curso Técnico em

Curso para costureiras

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) vai oferecer, em parceria com o projeto “Atelier Costura da Vida”, da Associação Real Brasil, cursos de corte e costura em Chapadinha.

O diretor regional do órgão, Raimundo Arruda, em visita à instituição, destacou a importância da qualificação dessas profissionais. “A indústria de vestuário é muito dinâmica e sentimos necessidade de ter profissionais mais capacitados para tornar o setor mais competitivo e desenvolvido. Nossos cursos abrem novas oportunidades para o mercado de trabalho, seja como trabalhador ou empreendedor”, afirmou. 

Premiação de cartórios 

Quatro cartórios do Maranhão foram premiados pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (ANOREG/BR), em Brasília, a cerimônia de entrega do 19º Prêmio de Qualidade Total Anoreg (PQTA). São eles: Cartório de Marajá do Sena, o 1º Ofício Extrajudicial de Paço do Lumiar, a Serventia Extrajudicial de Buriticupu e o 1º Ofício Extrajudicial de Caxias.

“Os usuários dos serviços acabam sendo os grandes premiados quando uma serventia se adequa para poder fazer jus à premiação, pois ela passa por um sistema rígido de controle para poder atender aos requisitos desse prêmio”, afirma o presidente da Anoreg-MA, Devanir Garcia.

    • Raimundo Arruda, diretor regional do Senai, e a juíza do Trabalho Liliana Boueres, com mulheres do projeto Atelier Costura da Vida, na cidade de Chapadinha, que serão beneficiadas com cursos de corte e costura

Adeus ano velho

Com esta edição, Giro Econômico se despede dos leitores em 2023. Foram 12 meses de agradável convivência. Nem sempre a perfeição, mas com certeza a vontade de querer estar fazendo o melhor.

Nosso compromisso é que em 2024, possamos estar juntos novamente para a continuidade deste trabalho em prol do desenvolvimento maranhense. Feliz Ano Novo!

 

Regularização de MEI

Até domingo (31), termina os microempreendedores Individuais (MEI) devem egularizer seus débitos com o Fisco. Atualmente, o país possui 15, 7 milhões de profissionais atuando na categoria. De acordo com a Receita Federal (RFB), quase 400 mil MEI estão com significativo valor pendente de regularização, correspondendo a um total de dívidas aproximado de R$ 2,25 bilhões.

A inadimplência no pagamento do documento pode trazer diversas consequências, entre elas a exclusão do Simples Nacional. Com os impostos em dia, o MEI garante os benefícios previdenciários, como aposentadoria e salário-maternidade.

Investimento em Saúde

Entre as dez cidades que mais investiram em saúde na Região Nordeste em 2022, nove são capitais. Os dados são do anuário MultiCidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitas e Prefeitos (FNP). O maior gasto com saúde do Nordeste foi registrado em Fortaleza (CE), com R$ 2,64 bilhões dedicados à pauta, seguida por Salvador (BA), com R$ 2,06 bilhões; Recife (PE), com RS 1,51 bilhão; e Teresina (PI), com R$ 1,42 bilhão. Na quinta posição, Natal (RN), com R$ 1,13 bilhão, seguida por São Luís (MA), com R$ 1,08 bilhão; João Pessoa (PB), com R$ 958,8 milhões; Maceió (AL), com R$ 873 milhões; e Aracaju (SE), com R$ 560 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui