IFMA abre 2.050 vagas em cursos de nivel superior pelo Sisu

24

O período de inscrições vai de 22 a 25 de janeiro

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) está ofertando 2.050 vagas de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU 2023). As inscrições vão de 22 a 25 de janeiro no site do SISU, e os candidatos terão direito a duas opções de curso (em ordem de preferência). A classificação será obtida a partir do desempenho no Enem 2023.

Há cursos de graduação disponíveis nos campi Açailândia, Alcântara, Bacabal, Barra do Corda, Caxias, Codó, Coelho Neto, Imperatriz, Pedreiras, Pinheiro, Santa Inês, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã, São Luís – Monte Castelo, São Raimundo das Mangabeiras, Timon e Zé Doca.

As opções disponíveis podem ser consultadas na página do SISU 2024, baixando o termo de adesão. Nesta sexta-feira (12), a Pró-Reitoria de Ensino e Assuntos Estudantis (Prenae) deverá lançar um edital próprio contendo mais detalhes da seleção.

O resultado da chamada regular deverá ser divulgado no dia 30 de janeiro, e o período de matrículas vai de 1º a 7 de fevereiro. Caso haja vagas remanescentes após o período de matrículas regulares, o IFMA vai convocar os inscritos na lista de espera. Os estudantes que não forem aprovados na primeira chamada poderão se inscrever nessa lista de 30 de janeiro a 7 de fevereiro.

Sistemas de cotas – Este ano, foram realizados alguns ajustes para atender à recente alteração da Lei de Cotas prevista pela Lei nº 14.723/2023. Estudantes cotistas concorrerão primeiro na ampla concorrência – se a nota não for suficiente para a classificação, o candidato concorre às vagas do sistema de cotas.

Outra novidade é que os estudantes quilombolas foram incluídos na reserva de vagas. Além disso, o valor definido como parâmetro para a cota de renda familiar per capita dos estudantes passou de 1,5 para 1 salário mínimo em vigor.

Assim, 50% das vagas de cada curso serão reservadas aos estudantes que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas, sendo metade dessa cota destinada aos candidatos com renda familiar igual ou inferior a 1 salário mínimo per capita e a outra metade a candidatos em qualquer faixa de renda familiar.

Para esses dois tipos de renda, há subdivisões que contemplam estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, quilombolas e pessoas com deficiência.

O IFMA também reserva 53 vagas para candidatos com deficiência – independente da escola de origem, cor ou renda familiar.r

Cronograma

  • Período de inscrições – 22 a 25 de janeiro
  • Resultado da chamada regular – 30 de janeiro
  • Matrículas da chamada regular – 1º a 7 de fevereiro
  • Prazo para participar da Lista de Espera – 30 de janeiro a 7 de fevereiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui