Imperatriz deve ter time competitivo na Série D do Campeonato Brasileiro

0
531

Apesar do temor dos destaques do Estadual, como Junior Chicão e Rubens deixarem o clube, o Imperatriz conseguiu segurar a maioria dos jogadores. A baixa mais significativa foi a saída de Jean, que apesar de virar herói para a torcida, sempre rebatia a bola sem tanta segurança embaixo do gol.

Além da chegada de Raniere e Juninho Pindaré, o Imperatriz se reforçou com o zagueiro Alisson, o lateral-esquerdo Rômulo e os atacantes Shailisson e Rayllan. Vale lembrar que apenas Alisson e Rômulo veem de temporadas medianas, com o zagueiro atuando como reserva no Moto, e o lateral-esquerdo após uma passagem no futebol cearense.
Dentro de campo, Saldanha dificilmente deverá mudar a estrutura do time que ganhou o Campeonato Maranhense. Conforme os treinos iniciais, fica a certeza de um time que ganha mais ofensividade, afinal, Juninho Pindaré foi o artilheiro do São José no Maranhense com quatro gols e se junta a Rubens (9), Junior (7) Chicão e Cris (6), que foram os três principais goleadores, junto com Robert, do Sampaio, no Estadual.

Ao que tudo indica, Saldanha entende que o problema defensivo não era responsabilidade da zaga, já que inicialmente mantém André e He-Man no time. É indiscutível que o time ganha com a entrada de Raniere no gol, já que Jean não teve seu empréstimo renovado.
Agora é manter a sequência de treinos. O primeiro desafio do Imperatriz será contra o Interporto, que ficou com o vice-campeonato tocantinense. Além disso, o caminho inicial do Cavalo de Aço ainda contará com o River-PI, Santos-AP, Guarani-CE e Santos-AP.

 

Compartilhe