Imperatriz vai a Goiânia nesta segunda enfrentar o Vila Nova pela Série C do Brasileirão

0
69

Cavalo de Aço teve partidas adiadas e possui dois jogos a menos

O duelo entre Vila Nova e Imperatriz, nesta segunda-feira (21), encerra a sétima rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. A bola rola no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO), a partir das às 20h (horário de Brasília).

Os times se encontram em situações distintas na classificação. O Vila é o sexto colocado, com nove pontos, e se vencer,  pode terminar a rodada na vice-liderança da chave. A equipe goiana somou cinco pontos nas últimas três partidas, nas quais também não foi vazada. O técnico Bolívar não tem desfalques para o duelo, que abre uma sequência de dois jogos em casa. Foi atuando em Goiânia que o Tigre conseguiu as duas vitórias na Série C.

O Imperatriz é o lanterna do Grupo A, com um ponto. Com parte do elenco acometido por casos do novo coronavírus (covid-19) no início do campeonato, o Cavalo de Aço teve duas partidas adiadas e, portanto, possui dois jogos a menos que a maioria dos rivais.

A equipe maranhense vem de uma goleada sofrida para o Paysandu, em Belém (PA), por 6 a 1. Embora no jogo desta noite não tenha  desfalques por causa da covid-19, o técnico Estevam Soares não poderá contar com os zagueiros Ramon e Odair e o atacante Giva, todos contundidos.

A rodada, até agora, é fraca de gols pelo Grupo A. Nas quatro partidas realizadas entre sábado (19) e domingo (20), foram somente duas bolas na rede, dos atacantes Vinícius Leite e Nícolas, ambas na vitória do Paysandu sobre o Ferroviário, em Fortaleza (CE), por 2 a 0. Os outros jogos – Treze x Jacuipense, Manaus x Santa Cruz e Remo x Botafogo-PB – terminaram empatados e 0 a 0.

O Santa Cruz, com 14 pontos, é o líder da chave, seguido por Ferroviário (11), seguido por Paysandu e Remo (ambos com 10), que completam o G-4. O Treze, com três pontos, encabeça a zona de rebaixamento, dois pontos à frente do Imperatriz. Mesmo que vença o Vila Nova, o time maranhense ainda seguirá no Z-2, já que está a seis pontos do Botafogo-PB, oitavo colocado.

Grupo B – No Grupo B, a sétima rodada começou na última quinta (17), com a vitória do Londrina sobre o São José do Rio Grande do Sul, no Estádio do Café, por 1 a 0. No sábado, São Bento e Volta Redonda ficaram no 1 a 1 no interior paulista. O atacante João Carlos colocou os cariocas na frente, mas o volante Bruno Barra marcou contra, nos acréscimos, deixando tudo igual.

Neste domingo (20), em Erechim (RS), o meia Fernandinho e o atacante Neto Pessoa definiram a vitória do Ypiranga sobre o Criciúma, por 2 a 0. Em Varginha (MG), o atacante Jefferson abriu o placar para o Boa Esporte diante do Ituano, mas o meia Gabriel Barros empatou e o atacante Luiz Paulo, ex-Boa, virou o placar nos acréscimos, dando o triunfo ao time paulista, por 2 a 1. Já o Brusque recebeu a Tombense e ganhou por 1 a 0, gol do atacante Giovane Itinga.

O Brusque mantém a ponta do Grupo B e a melhor campanha geral da Série C, com 15 pontos. O Ypiranga aparece na sequência, com um ponto a menos. Volta Redonda (12 pontos) e Londrina (11) completam a zona de classificação. Na outra extremidade da chave, estão São Bento e Boa Esporte, com três pontos cada e ainda sem vencer na competição.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação