Ingressos para “Marrom, O Musical” já estão à venda e preços variam de R$ 60,00 a R$ 120,00

145

Espetáculo tem texto e direção de Miguel Falabella

Depois do grande sucesso em São Paulo e Rio de Janeiro, onde foi visto por mais de 60 mil pessoas, “Marrom, O Musical”, chega na terra de sua homenageada. Os ingressos já estão à venda para os dias 02, 03 e 04 de março, no Teatro Arthur Azevedo.

Com o oferecimento do Ministério da Cultura, Governo do Estado do Maranhão e Rede, o musical tem o texto e direção de Miguel Falabella e idealização Jô Santana, com patrocínio da Equatorial Energia e apoiado pela Boa Vista Serviços. Para adquirir o ingresso é necessário acessar o site da Ingresso Digital (clique aqui) ou na bilheteria do teatro. Os valores variam entre R$ 30 e R$ 120.

Com quantas histórias se faz a vida de uma artista com 50 anos de carreira? Um simples ser humano pode contá-las ou seria preciso convocar uma entidade ao mesmo tempo sagrada e profana – quiçá um bando inteiro delas?

Como falar de Alcione sem falar do Maranhão? Impossível! Por isso, o que se verá no palco, é uma história triste que acaba em festa, a história do Boi revisitada, entremeada com a história dessa maranhense ilustre, que lá atrás foi apenas uma menina no meio de nove irmãos, filha de Filipa e João Carlos.

Alcione pode ser muitas: menina, mulher, uma loba, filha amorosa, musicista apaixonada, perseguidora de sonhos. De onde ela veio, qualquer criança sabe, desde sempre, a história do Boi. Aliás, ela e o Boi são ambos filhos do Maranhão – terra tão amada e muito cantada pela Marrom. E de lá vieram 4 quatro artistas para integrar ao elenco e boa parte dos mais de 300 figurinos também foram bordadas em São Luís, na Cooperativa Cuxá, numa parceria sociocultural promovida pelo Instituto Humanitas360.

Marrom, o Musical traz 20 atores e atrizes em cena, texto e direção de Miguel Falabella e como uma grande produção acaba movimentando não só a cena, mas também a economia da cidade. São mais de 250 empregos diretos e indiretos gerados neste período desde a concepção até o fim da turnê.

Cena do musical que homenageia a sambista maranhense

Miguel Falabella – Segundo Miguel Falabella, Alcione é uma mulher de atitudes. “Quando Jô Santana me convidou para, a princípio, dirigir o espetáculo que encerra sua trilogia do samba, sobre Alcione, uma das maiores intérpretes da música brasileira, não só aceitei encantado, como percebi que, para encenar um espetáculo que me satisfizesse plenamente como realizador, eu precisaria também assumir a dramaturgia.

As minhas expectativas são altas e tenho razões para que sejam: Alcione é minha amiga, uma mulher de atitudes e coragem memoráveis e contar sua vida é mergulhar nas raízes de uma das mais ricas culturas populares do Brasil, a maranhense.

O espetáculo pretende reafirmar o teatro como um ato de comunhão. Que vai fazer rir, chorar, cantar junto, se espantar, se emocionar, ser criança de novo, encontrar o desconhecido. “Vive bem quem sempre espera um gracejo”. Quem vier de olhos e braços abertos, vai certamente sair da plateia, depois das quase duas horas – pouco para contar e cantar tanto – como Alcione é com relação à vida e à arte: agradecida!

Alcione Nazaré com Miguel Fabaella (E) e Jô Santana

O ator e produtor Jô Santana, diretor da Fato Produções, é o idealizador da “Trilogia do Samba”, começando em 2016 com o musical “Cartola – O Mundo é um Moinho”, em 2018 com “Dona Ivone Lara-Um Sorriso Negro”, e encerrando em 2022 com “Marrom, o Musical.”

SERVIÇO:

  • “Marrom, o Musical” – Um espetáculo de Miguel Falabella
    Idealização: Jô Santana
  • Elenco: Ágata Matos; Anastácia Lia; Daniela Santana; Eddy Norole; Edgard Bustamante; Fernando Leite; Hipólyto; Jefferson Gomes; Joyce Cosmo; Leandro Villa; Leilane Teles; Letícia Nascimento; Leticia Soares; Lilian Valeska; Lucas Wickhaus; Luci Salutes; Mariana Gomes; Millena Mendonça; Rafael Leal e Rafael Machado.
  • Músicos: Bruno Vieira (Violão 7 cordas), Diego Pereira (Bateria), Felipe Mota (Baixo), Guilherme Montanha (Sax, Flauta e Clarinete), Márcio Guimarães: Percussão e Cordas (Palloma Lima: Trompete)

FICHA TÉCNICA

  • Um espetáculo de Miguel Falabella
  • Idealização: Jô Santana
  • Diretora Assistente: Iléa Ferraz
  • Arranjos, Direção Musical, Piano e Regência
  • Coreografia: Bárbara Guerra e Rafael Machado
  • Cenografia: Zezinho Santos e Turíbio Santos
  • Figurinistas: Lígia Rocha, Marco Pacheco e Jemima Tuany
  • Iluminador: Felipe Miranda
  • Direção de Produção: Renato Araújo
  • Coordenação de Produção: Selma Santos
  • Produção Executiva: Márcia Alves
  • Stage Manager: Ricardo Santana
  • Assistentes de Produção: Igor Reis e Marcela Lima

Temporada: 02 a 04 de março de 2023.
Sessões: De quinta a sábado (quinta e sexta às 20h30 e sábado às 16h e 20h30)

Duração: 02h00 com intervalo de 15 minutos.
Local: Teatro Arthur Azevedo
Endereço: Rua do Sol, S/N – Centro
Valores: Plateia e Frisas: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia); Camarote: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia) e Galeria Balcão – R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Ingressos à venda: Plataforma Ingressodigital.com
Classificação: Livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui