Instituto Euvaldo Lodi abre duas turmas com mais de 40 alunos pelo Programa Jovem Aprendiz 

0
201

Mais de 40 jovens vão atuar em várias empresas  

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL), entidade do Sistema Federação das Indústrias (Fiema), iniciou neste mês de setembro, o Programa de Aprendizagem com duas turmas de jovem aprendiz para mais de 40 alunos. Os alunos vão ingressar nas empresas parceiras após o primeiro módulo de formação em Relações Socioprofissionais, Cidadania e Ética, ministrado pela psicóloga Ana Sanyele.

Há perspectiva de aumento do número de alunos, o que depende diretamente das necessidades das empresas que poderão solicitar mais vagas para o IEL a qualquer tempo. Após os 15 dias do módulo inicial é que, de fato, os jovens vão vivenciar a prática profissional no ambiente de trabalho.

A equipe do IEL participou com a diretoria do Hospital do Servidor (HSE) do momento de integração de 14 jovens que são parte da quinta turma de aprendizes e foram selecionados para atuarem no HSE.

A coordenadora do núcleo de gente do HSE, a psicóloga Chrystiane Vasconcelos, espera conquistar bons resultados por meio do Programa IEL Jovem Aprendiz. Os aprendizes serão formados para exercerem as funções de assistente administrativo em setores estratégicos do hospital. A psicóloga informa que vai realizar avaliações de desempenho que serão definitivas para o aproveitamento de 80% dos jovens com possibilidades de ocupar cargos no quadro efetivo do hospital ao final do programa.

“Nós fizemos esse processo de seleção muito rápido com o IEL que nos trouxe profissionais excelentes com um perfil comportamental muito bom. Além disso, todos se adequaram ao que a gente espera e tivemos o suporte excelente do IEL”, afirma Chrystiane.

Diretoria do Hospital São Luiz com gestores do IEL

A estudante Thamires Carvalho, 20, foi uma das alunas selecionadas no Programa IEL Jovem Aprendiz para o HSE, com grandes expectativas de crescimento profissional, “para mim, está sendo incrível porque é a experiência do meu 1º emprego e nesse momento tão difícil para o país, uma oportunidade como essa é algo muito especial. Estou me sentindo realizada e desejo adquirir conhecimento, pois já comecei a construir a minha carreira”, compartilha Thamires.

O Programa IEL Jovem Aprendiz busca contribuir para a entrada dos jovens no mercado de trabalho, bem como para seu desenvolvimento profissional e dar suporte às empresas no quesito da aprendizagem.

A responsável pedagógica do programa, Lohanne Santos, esclarece que a aprendizagem profissional será realizada por meio de parceira, em que o IEL ministra as atividades teóricas, em conformidade com a ocupação profissional que o aprendiz irá executar na empresa. O programa obedece aos critérios legais da legislação da aprendizagem fazendo a articulação da formação profissional e trabalho.

“Ter o jovem aprendiz na sua empresa é assumir um papel fundamental na formação e desenvolvimento de jovens capacitados para atuar nos desafios do universo empresarial”, considera Lohanne.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui