Integração Lavoura, Pecuária e Floresta é debatida no Parque Independência

0
807

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cocais) marcará presença na mesa redonda sobre  “Sistemas de ILPF na região meio-norte do Brasil”. O evento será realizado nesta terça-feira (17), das 19h às 20h, no Parque Independência, onde está sendo realizada a 60ª Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema).

Os debatedores são o pesquisador Joaquim Bezerra Costa (Embrapa Cocais) e os professores José Antônio Alves Cutrim Junior (IFMA ) e Luciano Cavalcante Muniz (UEMA), sendo este também produtor rural.

O pesquisador Joaquim Costa apresentará o trabalho de Transferência de Tecnologia e Pesquisa no tema ILPF, que vem sendo realizado pela equipe da Embrapa Cocais no estado do Maranhão. “A ILPF tem se mostrado uma tecnologia viável para recuperação de pastagens degradadas no estado e temos o objetivo de difundi-la, uma vez que o Maranhão apresenta grandes áreas de pastagens e estas, em sua grande maioria, estão em estágio de degradação, o que ocasiona uma baixa produtividade animal por área”.

O professor Cutrim Junior, do IFMA, abordará o tema de manejo de pastagens. Segundo ele, uma vez recuperadas, as pastagens devem ser manejadas de forma correta, evitando que estas voltem ao processo de degradação. Esse manejo é fundamental para o sucesso da atividade pecuária.

Já o professor Luciano Cavalcante Muniz, da Uema, adota, como produtor rural, a tecnologia em sua propriedade, no município de Pindaré Mirim. Ele abordará o tema viabilidade econômica dos sistemas de ILPF. “Esse é um tema muito importante para que os produtores vejam que a tecnologia, além de ambientalmente correta, promove um retorno econômico excelente para a atividade pecuária”.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação