Ituano surpreende o Palmeiras e o Santos bate Red Bull

0
594

O Palmeiras começou a temporada reachado de expectativas, mas decepcionou na noite deste domingo, quando foi derrotado pelo Ituano, por 1 a 0, no Estádio Novelli Júnior, em Itu, pela segunda rodada do Paulistão Itaipava. O volante Guly marcou o único gol da partida.

O resultado coloca o time paulistano em terceiro lugar do Grupo C, com três pontos, atrás de Novorizontino e Santo André. O Ituano, por outro lado, venceu a primeira e assumiu a ponta do Grupo A, com quatro. O Palmeiras tenta a recuperação contra o São Bernardo, na próxima quinta-feira, às 19h30, no Allianz Parque. O time de Itu recebe o São Bento, na quarta.

Sem Tchê Tchê, mas com a estreia de Guerra, uma de suas principais contratações, o Palmeiras fez um primeiro tempo apagado e acabou apenas uma chance de gol, em chute cruzado de William. O Ituano, por sua vez, chegou algumas vezes e exigiu atenção de Fernando Prass, que fez duas boas defesas.

Logo no começo da segunda etapa, o Ituano abriu o placar em jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio, Guly ficou livre e nem precisou subir para desviar de cabeça e abrir o placar aos seis minutos. Mesmo com uma grande quantidade de atacantes, o Palmeiras não conseguiu criar e pouco ameaçou.

No outro jogo da noite deste domingo, o São Bernardo sofreu para conquistar a primeira vitória. No 1º de Maio, no ABC Paulista, a equipe da Grande São Paulo derrotou o São Bento, por 2 a 1, com gol da vitória marcado aos 43 minutos pelo veterano Edno.

Santos – Com gol de Kayke aos 47 minutos da etapa complementar, o Santos derrotou o Red Bull Brasil na manhã deste domingo pelo placar de 3 a 2, em partida realizada no Pacaembu, pela segunda rodada do Paulistão Itaipava. O clube da Baixada tem a maior série invicta dentro do estádio, são 17 triunfos seguidos.

Com o resultado, o Santos pulou para a liderança do Grupo D, com os mesmos seis pontos do Mirassol. O Red Bull, por sua vez, segue com um ponto, na terceira posição do Grupo A.

Motivado após estrear com goleada para cima do Linense por 6 a 2, o Santos não demorou para tomar a iniciativa do jogo diante do Red Bull e precisou de 15 minutos para abrir o placar em um bela troca de passes. Lucas Veríssimo recuperou a bola no meio de campo e acionou Lucas Lima. O meia mandou de primeira para Victor Ferraz, que emendou para Vitor Bueno, empurrar para o fundo do gol.

O Red Bull, porém, não se abateu e saiu em busca do empate. Nando Carandina tirou a bola de Lucas Lima e mandou de três dedos para Misael. O atacante saiu de frente para Vladimir e só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro para deixar tudo igual no Pacaembu.

Mas o Santos estava mesmo disposto em ir para o intervalo em vantagem. Aos 48 minutos, Lucas Lima deu cruzamento milimétrico para Rodrigão. Na frente de Saulo, o atacante chutou para colocar a equipe da Baixada novamente a frente do placar.

No segundo tempo, o Red Bull voltou melhor e foi para cima do Santos. Aos dez minutos, Elton invadiu a área e chutou na trave de Vladimir. A resposta veio com Lucas Lima. O meia recebeu de Victor Ferraz e exigiu boa defesa do goleiro Saulo.

E o Red Bull empatou aos 36 minutos. Denner cobrou falta na cabeça de Nixon, que mergulhou para deixar tudo igual. O clube campineiro ainda colocou duas bolas na trave, com o próprio ex-atacante do Flamengo e, nos acréscimos, com Elton.

Já o Santos não desperdiçou.  Aos 47 minutos, após cobrança de falta de Lucas Lima, Veríssimo desviou, a bola ficou viva dentro da área e sobrou para Victor Ferraz, que chutou no peito de Kayke, que só viu entrar para o fundo das redes.

O Santos enfrenta o São Paulo na próxima quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro. Já o Red Bull pega a Ponte Preta, pela quarta rodada, no dia 18 de fevereiro, Às 19h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

(FPF)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação