Jadson, do Timão, e Henrique Dourado, do Flamengo, falam sobre estreia na Libertadores

0
548

Corinthians e Flamengo marcam suas estreias nesta quarta-feira (28) na Copa Libertadores das América. Jogando fora de casa, o Corinthians inicia joga contra o Millonarios, na Colômbia. Uma das principais apostas do Timão o meia Jadson, que já disputou o torneio duas vezes: uma pelo São Paulo, em 2013, pelo seu time atual, em 2015.

Em um dos seus melhores anos da carreira, o meia fez dez jogos, marcou dois gols e deu cinco assistências, sendo o maior garçom do Timão no torneio. Na ocasião, o clube também foi eliminado nas oitavas de final, pelo Guaraní, do Paraguai. Animado e muito confiante, Jadson acredita que o elenco do Corinthians tem total capacidade para ir bem na competição.

“Os últimos anos comprovam que o Corinthians é um time muito consistente. Nosso elenco conta com jogadores experientes e com muita qualidade e isso pode fazer a diferença em uma competição tão complicada como a Libertadores. Muitos atletas que estão aqui já conquistaram o torneio e sabem como encarar as adversidades”, afirmou o meia.

Nesta temporada, Jadson entrou em campo dez vezes, marcou três gols e deu três assistências. Maior goleador do atual elenco, com 37 bolas na rede, o camisa 10 já realizou 161 jogos pelo clube e também distribuiu 48 assistências.

Henrique Dourado pediu calma ao Flamengo na Libertadores

Flamengo – O centroavante Henrique Dourado conversou com a imprensa nesta terça-feira (27) após o último treino do Flamengo antes da estreia na Libertadores. O time rubro-negro enfrenta o River Plate na quarta-feira, às 21h45, no estádio do Engenhão, pela primeira rodada do Grupo 4.

Apesar da pouca experiência na competição, jogou apenas em 2015 quando estava na reserva do Cruzeiro, Dourado pediu calma aos companheiros de time, especialmente por ser um jogo contra equipe argentina.

“Temos que impor nosso ritmo, aquilo que estamos trabalhando. Isso fará com que nosso mando de campo prevaleça. Lembrando que precisamos ter paciência. Necessitaremos de tranquilidade, valorizar a posse de bola para que consigamos sair com a vitória”, comentou

A partida será com portões fechados porque o Flamengo recebeu dois jogos de punição da Conmebol pela briga de seus torcedores com torcedores do Independiente na decisão da Copa Sul-Americana do ano passado. O time rubro-negro também não terá público contra o Santa Fe, da Colômbia, pela terceira rodada, no dia 18 de abril.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação