Jair Bolsonaro diz que até o final do ano os portos de Itaqui e Santos estarão ligados pela Norte-Sul

0
401
(São Simão - GO, 04/03/2021) Presidente da República, Jair Bolsonaro durante cerimônia de Inauguração da Ferrovia Norte-Sul, Trecho São Simão/GO - Estrela D'Oeste/SP, em São Simão. Foto: Alan Santos/PR

Ligação será possível com conclusão da Ferrovia Norte-Sul

AQUILES EMIR

Ao discursar a apoiadores, na manhã deste sábado (12), em São Paulo, após um passeio de motocicletas, que foi da capital paulista até Jundiaí, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que até o final do ano estará concluída a ligação pela via ferroviária entre os portos de Santos, em São Paulo, e Itaqui, no Maranhão, com a conclusão do traçado original da Ferrovia Norte-Sul. Tratam-se de dois dos mais importantes terminais marítimos do Brasil, e a ligação entre eles dinamizará o transporte entre quatro regiões: Nordeste, Norte, Centro-Oeste e Sudeste.

Vale destacar que a ligação de Açailândia a Itaqui, em São Luís, é feita pelo da Estrada de Ferro Carajás, administrada pela Vale.

Bolsonaro fez a menção a essa obra quando listava as realizações do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que estava ao seu lado e já foi anunciado por diversas vezes como seu nome preferido para suceder João Doria no governo de São Paulo, a partir de 2023.

O incentivo à modernização do transporte marítimo tem sido uma das maiores realização de Tarcísio de Freitas, que foi saudado pela multidão como “governador, governador, governador…”

Este ano, em troca da renovação da concessão da Estrada de Ferro Carajás à Vale, o Ministério da Infraestrutura, viabilizou a construção de ligação do Centro-Oeste ao Nordeste, o que vai complementar mais ainda o sistema de transporte pela malha ferroviária com destino aos dois portos.

Norte-Sul – Iniciada ainda no governo de José Sarney, atualmente, seu traçado efetivo da ferrovia vai de Açailândia (MA) a Estrela d’Oeste (SP), de onde haverá a ligação com Santos, porém apenas o trecho entre Açailândia (MA) e Porto Nacional (TO), sob responsabilidade da concessionária VLI, e entre São Simão (GO) e Estrela d’Oeste (SP), sob responsabilidade da concessionária Rumo Logística, estão totalmente operacionais.

Já o trecho entre Porto Nacional (TO) e Anápolis (GO), que tem suas obras concluídas desde 2014, e o trecho entre Ouro Verde de Goiás (próximo a Anápolis) e São Simão (GO) seguem em fase de investimentos para a construção de terminais para torná-los operacionais.

O trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela d’Oeste (SP) foi concedido a Rumo Logística, em 28 de março de 2019.

A extensão Norte até o estado do Pará e a extensão Sul até o estado do Rio Grande do Sul, seguem em projeto sem data para execução.

(Com dados da wikipedia)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação