Bolsonaro manda reforçar segurança do ministro Sérgio Moro e familiares

0
572

O presidente Jair Bolsonaro determinou que a Polícia Federal reforce a segurança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e de seus familiares. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (08), em edição extra do Diário Oficial da União.

O despacho presidencial diz: “Diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”.

Quando era juiz federal em Curitiba e comandava as ações da Operação Lava Jato, Moro passou a contar com segurança da Polícia Federal depois de sofrer ameaças pelas mídias sociais.

Na sua primeira medida contra o combate ao crime organizado, o ministro Sérgio Moro decidiu, quinta-feira (03), enviar tropas da Força Nacional de Segurança Pública (FN) ao Ceará a fim de combater a onda de violência em Fortaleza. Moro determinou ainda apoio à Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais, depois de um pedido do governador Camilo Santana (PT). 

Essa medida foi adotada depois da onda de ações criminosas registrado no Ceará desde quarta-feira (02) da semana passada. Até a manhã desta terça, 8, foram registrados 161 ataques violentos em 40 cidades cearenses.

(Com dados da Agência Brasil e O Povo)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação