Joe Biden chama discurso de Jair Bolsonaro de “notícias animadoras”

0
112

Criticado por políticos e ambientalistas, discurso foi elogiado

Apesar das críticas de opositores do governo, o discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi classificado como “notícias animadoras” pelo presidente norte-americano, Joe Biden, anfitrião do encontro Cúpula do Crime, encerrado nesta sexta-feira (23). Biden, na menção feita ao Brasil, disse que ouviu “notícias encorajadoras” de alguns países, incluindo o Brasil.
Apesar dos elogios, Biden disse que espera o cumprimento das metas desse compromissos assumidos pelos dirigentes dos países participantes do evento.
“Ouvimos notícias encorajadoras anunciadas da Argentina, do Brasil, da África do Sul e da Coreia do Sul. E os compromissos que nós fizemos precisam se tornar realidade. Se comprometer e não fazer é um monte de ‘ar quente’ (expressão que significa falar muito, mas sem trazer nada de valor ou um significado), sem trocadilho. Precisamos implementar esses compromissos, acelerá-los e investir a fim de alcançá-los. E nós precisamos trabalhar juntos novamente para construir um futuro de energia limpa que gera bons empregos e supera a ameaça das mudanças climáticas”, afirmou.
No seu discurso, nesta quinta-feira (22), Jair Bolsonaro fez uma série de promessas, dentre ela reduzir as emissões de gases de efeito estufa, garantindo uma redução de 37% do carbono emitido até 2025, e acabar com o desmatamento ilegal até 2030, algo já dito pelo mandatário em uma carta enviada na semana passada a Biden.
O discurso, apesar de bem visto pelo enviado especial dos Estados Unidos para questões climáticas, John Kerry, foi criticado por ambientalistas no Brasil, que avaliaram que a desconfiança em relação a efetivas ações por parte do governo federal permanecem.
(Com informações do Diário de Pernambuco)
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação