Live com a cantora Mara Pavanelly vira show e Valparaíso será multado, segundo Carlos Lula

0
1127

AQUILES EMIR

O Valparaíso, empreendimento da família do juiz aposentado Carlos Madeira, pré-candidato a prefeito de São Luís pelo Solidariedade, será multado pela realização de um show na noite desta quinta-feira (30), de onde foi transmitida uma live com a cantora Mara Pavanelly. A advertência foi feita pelo secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, que lembrou estarem proibidos shows.

Pelas imagens postadas por Carlos Lula, extraídas do Itaqui Humor, o evento, de fato, fugiu a todas as normas da quarentena: aglomeração, gente sem máscara e uma série de outras irregularidades.

Na maioria dos casos, as lives têm sido realizadas com presenças apenas dos artistas, alguns músicos e pouquíssimos convidados, todos marcando distanciamento, o que não se viu no Valparaíso. Pelo entendimento do secretário de Saúde, tanto os organizadores quanto a empresa sediadora do evento serão multados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Na sua postagem, Carlos Lula não esconde sua revolta: “Impossível a gente avançar se a classe empresarial e a população não nos ajudar. O estabelecimento será autuado pela Vigilância Estadual. Shows não estão permitidos”.

https://twitter.com/i/status/1289024730876518400

A live foi ancorada por Tatiana Lobão, que ao anunciar o evento, já que previa o sucesso: “Certeza que será uma noite linda, a Mara é incrível, talentosa e muito poderosa de si em tudo, admiro muito o trabalho dela. Como profissional, vai ser uma experiência maravilhosa, conto com audiência de todos”, conta a influencer”.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui