Liverpool derrota o Tottenham e conquista pela sexta vez a Champions League

0
484

Um pênalti marcado por Mo Salah e uma finalização do Divock Origi garantiram a vitória do Liverpool por 2 x 0 sobre o Tottenham Hotspur, e pela sexta vez sagrou-se campeão europeu – número superado apenas pelo Milan (sete) e Real Madrid (13). Demorou apenas 26 segundos para a abertura do placar.

A tentativa de Sadio Mane de cruzar bateu no braço de Mo Sissoko, e Salah converteu com perfeição a penalidade, surgindo assim o segundo gol mais rápido de uma final da UEFA Champions League, atrás de Paolo Maldini contra o Liverpool em 2005.

O Tottenham teve o melhor do restante do primeiro tempo, mas não conseguiu criar chances claras, com Virgil van Dijk fazendo um desafio decisivo contra Heungmin Son.

Ao 40 minutos do segundo tempo, num raro rompimento de Liverpool resultou na queda da bola para Origi, que friamente colocou Hugo Lloris no canto inferior. O Tottenham continuou a tentar, com Harry Kane, Danny Rose e Son, mas não conseguiram ultrapassar Alisson.

Klopp, que perdeu na final da Champions em 2013 e em 18, comemorou após o apito final.

“Estou muito feliz pelos meninos”, disse ele. “Estou muito feliz pelos fãs. Estou tão feliz pela minha família. Você já viu um time assim? Lutando com absolutamente nenhum combustível no tanque. Tottenham tornou as coisas difíceis, mas então você tem um goleiro [em Alisson] que faz as coisas difíceis parecerem fáceis. Talvez a melhor noite da minha vida! Normalmente, 20 minutos depois do jogo eu estou meio bêbado, mas ainda não tive água”.

(Com imagens e informações da Fifa)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação