Lula é o mais aprovado na pesquisa Ipsos, mas rejeição é maior que a de Bolsonaro e João Dória

0
898

Petista em situação mais confortável do que alguns adversários

AQUILES EMIR

Nova pesquisa do Instituto Ipsos divulgada neste fim de semana mostra que ex-presidente Lula é o político com um dos maiores índices de aprovação popular. Sua avaliação positiva é de 32% dos brasileiros, mas a reprovação ainda é alta, já que 66% o rejeitam.

Apesar do alto índice do petista, ele está numa situação bem mais confortável, por exemplo, que o tucano Aécio Neves (PSDB-MG), que disputou a eleição de 2014 com a ex-presidente Dilma, pois sua rejeição chega a  91% e apenas 3% de aprovação.

Na comparação com a pesquisa anterior, divulgada em julho, a aprovação de Lula subiu três pontos percentuais, pois era de 29%. Na mesma proporção diminuiu a reprovação, que em julho havia chegada a 68%.

João Dória é o tucano melhor posicionado. A pesquisa que a aprovação do prefeito paulistano aumentou de 17% para 19%, entre julho e agosto, mas a reprovação foi de tinha 45% para 52%.  Na pesquisa de julho 38% disseram não o conheciam e em agosto esse índice baixou para 28%.

Jair Bolsonaro tem rejeição de 56%, aprovação de 21%, e 24% de desconhecimento. Na pesquisa de agosto: na pesquisa anterior, Jair tinha 53% de rejeição, 15% de aprovação, e 32% de desconhecimento.

Com relação à ex-senadora Marina Silva (Rede), sua reprovação cresceu de 59% em julho para 65%, empatando com Lula, e sua aprovação chegou a 24%.
O presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia (Dem-RJ),  embora seja desconhecido por de 26% dos entrevistados, tem uma reprovação superior a de Lula, pois 72% dos entrevistados o rejeitam e apenas 3% o apoiam.
Quem aparece com alto índice de rejeição é a ex-presidente Dilma (PT):  79% a reprovam e 18% a aprovam, pontuação melhor que a do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso:  79% de reprovação e 10% de aprovação.
De acordo com a pesquisa, Michel Temer é o campão de rejeição, segundo a pesquisa. Ele é reprovado por 93% da população e apenas 3% o aprovam.
A grande novidade é aprovação do apresentador de TV Luciano Huck, que, mesmo não sendo ainda pré-candidato a presidente ou a qualquer outro cargo, chegou a 44%, contra uma rejeição de 42%.
(Com dados da Ipsos e Estadão)
Segue abaixo a lista de rejeição e aprovação na pesquisa Ipsos:
POLÍTICO APROVAÇÃO REPROVAÇÃO DESCONHECEM
Michel Temer 93% 03% 03%
Aécio Neves 91% 03% 06%
Eduardo Cunha 91% 01% 08%
Renan Calheiros 84% 01% 15%
José Serra 82% 09% 09%
Fernando Henrique 79% 10% 11%
Dilma Rousseff 78% 18% 03%
Geraldo Alckmin 73% 14% 13%
Rodrigo Maia 73% 03% 26%
Lula 66% 32% 02%
Marina Silva 65% 24% 11%
Ciro Gomes 63% 11% 26%
Henrique Meireles 62% 03% 35%
Marcelo Crivella 60% 08% 33%
Jair Bolsonaro 56% 21% 24%
Paulo Skaf 55% 07% 38%
Tasso Jereissati 55% 04% 41%
Nelson Jobim 55% 04% 42%
João Dória 52% 19% 28%
Luciano Huck 42% 44% 14%

 

 

 

 

 

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação