Machucado, Neymar deixa Mané Garrincha aos prantos e mulher afirma na TV que foi estuprada

0
783

AQUILES EMIR

Bastaram 16 minutos em campo, no jogo contra o Katar, em Brasília (DF), nesta quarta-feira (05), para Neymar sentir se agravar o seu inferno astral. Lesionado no tornozelo direito, ele foi substituído e levado a uma clínica, cena registrada quase que simultaneamente com as primeiras aparições da mulher que o acusa de estupro, Najila Mendes de Souza, na TV, em entrevistas ao SBT e Record, quando afirmou ter sido violentada pelo jogador.

No Mané Garrincha, Neymar saiu de campo aos prantos e foi levado a uma clínica, onde chegou em cadeira de rodas, e tudo indica que dificilmente terá condições de jogar a próxima partida, contra República Dominicana, podendo até mesmo ficar fora da Copa América.

Na próxima sexta-feira (07), Neymar deverá ir à Polícia, no Rio de Janeiro, para prestar depoimento sobre o suposto crime de exposição de sua acusadora na internet, o que fez, domingo (02), num tentativa desastrada provar sua inocência.

Sexo – Najila foi taxativa, numa entrevista a Roberto Cabrine, do SBT, ao afirmar que sua intenção era apenas sexo com o jogador.

Najila tem 26 anos. Modelo. É separada. Tem um filho de cinco anos

“Eu conversei com ele com intuito sexual. Era um desejo meu. Ficou até claro para ele isso. Ele perguntou quando eu poderia ir. Disse ‘no momento não posso por questões financeiras’. Não poderia ir. Também por agenda do meu trabalho. E daí ele sugeriu: ‘eu posso resolver isso”, disse ela.

Najila garante que manterá a versão de estupro e agressão no depoimento marcado para esta quinta-feira (07), na Sexta Delegacia da Mulher., em São Paulo (SP).

(Com informações do R7)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação