Mais de 1 milhão de estabelecimentos mapeados pelo Censo Agropecuário

0
462

Os cerca de 18 mil recenseadores contratados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para realizar em todo o país o Censo Agro 2017 superaram, já no primeiro mês de coleta de dados, o primeiro milhão de estabelecimentos agropecuários recenseados. A meta, segundo o IBGE informou nesta quarta-feira (1º), é de visitar outros 4,2 milhões de locais até o final de fevereiro de 2018.

O 10º Censo Agropecuário do IBGE já recenseou 1.036.867 estabelecimentos, o que representa cerca de 19,74% do total estimado. O Sudeste é a grande região que está mais adiantada, com 22,48% das entrevistas realizadas.

Os recenseadores levantam informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação e o uso de agrotóxicos, entre outros temas. A intenção do IBGE é de que os primeiros resultados do Censo Agro 2017 sejam divulgados em meados do próximo ano.

A coleta de dados do Censo Agro está sendo feita através dos Dispositivos Móveis de Coleta (DMCs), semelhantes a smartphones comuns, que utiliza tecnologias como GPS e imagens de satélite para localizar os estabelecimentos. Não são mais utilizados formulários de papel.

A partir do cadastro de estabelecimentos agropecuários feito no censo, será possível criar a Pesquisa Nacional por Amostra de Estabelecimentos Agropecuários, para captar dados sobre receitas e despesas na produção, crédito e seguro rural, proteção de mananciais, conservação da fauna e flora, técnicas de produção, além da situação social e familiar dos trabalhadores do campo, entre outros temas.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação