Maranhão ultrapassa Paraná e já é o sexto estado com mais casos de óbitos pelo coronavirus

1
1458
Forças Armadas promovem ação de desinfecção no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), uma das medidas adotadas para prevenir a contaminação pelo novo coronavírus

ÁQUILES EMIR

O Maranhão ultrapassou o Paraná e assumiu a sexta colocação em casos de óbitos pelo coronavírus. No boletim das 14 horas deste domingo (19), cada um desses estados tinha 48 registros, segundo o Ministério da Saúde, mas nas atualizações das respectivas secretarias estaduais de Saude o Maranhão aparece com 54 e o Paraná com 50.

De acordo com o balanço do Ministério  da Saúde, os casos testados positivos no estado chegaram a 1.205, mas, segundo o governo do estado, já seriam 1.320.

O Ministério da Saúde informou ainda que subiu para 38.654 o número de casos confirmados de coronavirus no Brasil. Nas últimas 24 horas foram 2.055 novas confirmações. O número de óbitos também aumentou, e passam dos 2.462, representando uma taxa de letalidade da doença no Brasil de 6,4%.

Os números estão consolidados com as informações que foram repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde ao Ministério da Saúde até às 14h deste domingo (19).

Confira os números de casos e óbitos por coronavírus por estado

A maior parte dos casos no país está localizada no estado de São Paulo, com 14.267 casos confirmados e 1.015 mortes, seguido pelo Rio de Janeiro, com 4.765 casos e 402 óbitos, e pelo Ceará, que registra 3.252 casos e 186 óbitos. Todos os estados do país registram, pelo menos, um óbito pela doença.

Atualmente, 1.985 dos 2.462 óbitos pela doença já tiveram investigação concluída. Desta forma, foi possível traçar o perfil das pessoas que morreram pela doença: 7 de cada 10 pessoas tinham mais do que 60 anos de idade e apresentavam pelo menor um fator de risco, como doenças do coração ou do pulmão e diabetes. Além disso, a maioria eram homens (59,8%) e de cor branca (57,2%).

Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhuma doença pré-existente. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham comobirdades, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade e asma também precisam redobrar os cuidados com medidas de prevenção ao coronavírus.

Hospitalizações – Do total de casos, 7.919 estão em estado grave, necessitando de internação em hospitais de referência em todo o Brasil. Há ainda registro de internações por vírus respiratórios (1.888), entre eles, a influenza a e B, e outras Síndromes Respiratórias Agudas Graves – SRAG (14.844). Estão ainda em investigação 38.773 internações por SRAG.

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

1 COMENTÁRIO

  1. Aqui governo e prefeito tão brincando de fazer saude a prefeitura não ta cuidando dos profissionais de saúde tão jogados a sorte nos hospitais de sao Luís falta de ep.is correto..ta na hora de pensar em um hospital de campanha prefeito e governador.. a enpresa ta vendida nao divulga a realidade

Comments are closed.