MARANHÃO HOJE – ED. 89 – AGOSTO 2020

0
625

A revista Maranhão Hoje que está nas bancas tem como principal destaque o anúncio do Ministério da Infraestrutura sobre a ligação, a partir de 2021, entre os portos do Itaqui, no Maranhão, ao de Santos, em São Paulo, pelos trilhos da Ferrovia Norte-Sul, estrada de ferro iniciada em 1987, ainda no governo de José Sarney, e somente agora, com a concessão para a iniciativa privada, está avançando e a a previsão é que chegue a Estrela do Oeste, ainda este ano.

Leia também:

• Sem apoio dos simpatizantes da Operação Lava Jato, Flávio Dino ficaria em último lugar para presidente da República
• São Luís melhor para se viver – Prefeito Edivaldo Holanda Júnior amplia espaços de lazer e convivência em várias regiões da cidade
• Distância dos palanques – Em São Luís, Governo do Estado e Prefeitura Municipal querem distância da disputa eleitoral para sucessão de Edivaldo Holanda Júnior
• Maçonaria Imperial – por Ubiratan João de Castro
• Sem perder a ternura – Mulheres ocupam lugares onde até pouco tempo atrás só os homens trabalhavam
• OAB voltou a servir ao advogado – Kaiyo Victor, tesoureiro da Ordem, avalia trabalho da instituição
• Covid-19 no Maranhão – Pesquisa do IBGE mostra como o maranhense tem se comportado para enfrentar a pandemia
• Para o Maranhao avançar – entidades empresariais lançam programa de socorro às empresas afetadas pela pandemia
• Concessão renova – Com aval do Tribunal de Conta da União, Vale ganha tempo como administradora da Estrada de Ferro Carajás
• Agronicolau na Expogenética – Selecionadora maranhense garante perticipação em evento da ABCZ
• Em busca da imortalidade – quatro cadeira ficam vagas na Academia Maranhense de Letras e oito se credenciar a ocupá-las
• Conteúdo garantido – Universidade Federal do Maranhão oferece tablets para alunos acompanharem aula à distância
• Disputa de conhecimento – Alunos do Sesi e Senai se preparam para um dos maiores desafios no setor educacional.

Compartilhe