Maranhão perde R$ 40 milhões do FPE em dezembro, revela o governador Flávio Dino

0
954

AQUILES EMIR

O Maranhão vai perder mais R$ 40 milhões da transferência do Fundo de Participação dos Estados (FPE) no mês dezembro. A informação foi dada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), na manhã desta segunda-feira (18), ao conceder  entrevista a um pool de 64 emissoras de rádio em cadeia com a Rádio Timbira, que é a estação oficial do Estado. Apesar desta redução, o governador disse que espera não frustrar os servidores públicos com atraso de salário deste mês.

Durante a entrevista, o governador respondeu a perguntas de radialistas e jornalistas de quase todas as rádios vinculadas – muitas delas recheadas de elogios ao governo – e elencou as obras que vem realizando no campo da Saúde, da Educação, da Infraestrutura e demais áreas, e ainda reafirmou que continuará fazendo oposição ao presidente Michel Temer, por não concordar com a maneira como chegou ao governo e como vem conduzindo sua administração. Segundo ele, feio é alguém mudar de lado sempre que muda o governo.

Apesar de ter citado por diversas vezes a Bíblia Sagrada para dizer que o momento é de reflexão, de desarmar os corações e de eliminar os rancores, Flávio Dino não perdeu a oportunidade para mais uma vez descarregar críticas e acusações a seus adversários e antecessores.

O governador voltou a dizer que recebeu o Maranhão como se fosse uma casa velha, sem portas, sem janelas, com telhado gotejando, ou seja, faltando quase tudo. “Só havia as paredes”, mas ele tratou de arrumá-la e torná-la habitável. Ele respondeu também a uma indagação sobre o problema do Italuís e admitiu que foi um erro técnico, porém a maior parte da resposta foi para mostrar sua disposição de acompanhar os serviços de perto desde que tomou conhecimento do vazamento da nova tubulação e garantiu que as empresas responsáveis pela execução das obras vão concluir os serviços.

Finanças – Sobre as finanças, disse que seus cálculos apontavam para um aumento de transferência do FPE, por conta do aumento da arrecadação de impostos com as vendas de fim-de-ano, porém houve queda na esfera federal e com isto os estados foram afetados.

De acordo com o Tesouro Nacional, em novembro o Maranhão recebeu R$ 364.497.975,40 e no primeiro decêndio de dezembro já recebeu R$ 192.154.624,40, mas ainda faltam dois repasses.

O governador frisou também que desde que assumiu o governo o Maranhão já perdeu mais de R$ 1,1 bilhão de transferências federais, mas isto não impediu que ele fizesse mais que os antecessores em todas as áreas.

Saiba quando o Maranhão já recebeu de transferências do FPE este ano:

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação