Maranhão tem o quarto maior crescimento em investimentos em 2017

0
739
Após anúncio feito pelo governador, obras foram iniciadas. Foto: Karlos Geromy/Secap
O Maranhão ocupa o quarto lugar no ranking dos estados onde houve maior aumento de investimentos em 2017 no critério variação. Segundo a Folha, os bons resultados de outros estados se deram em função de ajustes que resultaram em cortes de gastos, sobretudo na redução com pagamento da folha de servidores. Já o Maranhão conseguiu manter equilíbrio fiscal sem abrir mão de ampliação de serviços públicos, inclusive com a realização de concursos públicos.

O Estado passou de R$ 874 milhões em 2016 para R$ 1.175 bilhão investido no ano seguinte, um crescimento de 26%.

Dados da Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan) mostram que o Governo aumentou os investimentos com a folha de pagamento em 5,1% em 2017, enquanto a maioria dos Estados reduziu gastos no setor para equilibrar a relação entre receita e despesa.

Ranking – Apesar de ter apresentado um volume de investimentos que corresponde à quase metade do que foi investido pelo Maranhão, Alagoas, com R$ 631,473 milhões, aparece em primeiro lugar no ranking dos investimentos pelos estados em 2017, segundo reportagem da Folha de São Paulo divulgada nesta quinta-feira (15), enquanto a Bahia, com R$ 2.483,192 bilhões está na penúltima posição à frente apenas do Rio de Janeiro, com R$ 987,262 milhões.
O Maranhão, com R$ 1.175,956, está em quarto lugar nos valores proporcionais, mas cai para oitavo quando são observadores os valores nominais.
O que explica a posição do ranking são os investimentos de 2016. No Maranhão foram investidos, por exemplo, R$ 874,412, e ainda assim é um valor maior do que o investido pelo campeão do ano passado.
Em valores numéricos, o Maranhão aparece atrás de São Paulo (R$ 8,8 bilhões), Bahia (R$ 2,4 bilhões), Ceará (R$ 2,1 bilhões), Paraná (R$ 2,09 bilhões), Santa Catarina (R$ 1,6 bilhão), Minas Gerais (R$ 1,3 bilhão) e Goiás (R$ 1,2 bilhão).

(Com dados e gráfico da Folha)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação