Maranhão tem um saldo de 1.729 em geração de empregos no mês de setembro, segundo Caged

0
432

AQUILES EMIR

O Maranhão teve no mês de setembro um saldo de 1.729 postos de trabalho preservados, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira (22) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O setor de Serviço foi o que teve melhor desempenho, com 1.048 empregos preservados, enquanto Indústria de Transformação, o pior, com um desempenho de -53.

De acordo com os números, houve no mês passado 11.835 contratações enquanto as demissões somaram 10.106. No quadro, veja o desempenho de cada setor pesquisado:

SETORES TOTAL ADMIS. TOTAL DESLIG. SALDO VARIAC. EMPR % *
EXTRATIVA MINERAL 28 19 9 0,65
INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO 1.000 1.053 -53 -0,14
SERV INDUST DE UTIL PÚBLICA 59 85 -26 -0,35
CONSTRUÇÃO CIVIL 1.898 1.727 171 0,45
COMÉRCIO 3.254 2.694 560 0,39
SERVIÇOS 4.598 3.550 1.048 0,54
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 21 57 -36 -0,28
AGROPECUÁRIA 977 921 56 0,24
TOTAL 11.835 10.106 1.729 0,37

 

Saldo – Ainda segundo os números do Caged, o saldo de empregos formais no Maranhão, nos primeiros nove meses do ano, é de 11.251, resultado de 116.872 contratações e 105.621 demissões. Já nos últimos 12 meses o número de empregos preservados é de 10.537, pois no período foram contratadas 152.981 pessoas contra 142.444 demissões.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação